Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o técnico Jorge Jesus será substituído por seu assistente João de Deus, no jogo de amanhã (10) com o Bahia, único time a fazer três gols no Flamengo, no Brasileirão 2019, no domingo, 4 de agosto, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O Bahia estava há sete jogos sem vencer e há cinco anos sem ganhar do Flamengo.

OUTRO FORA – O Flamengo não estará restrito à ausência de Jorge Jesus na área técnica. Também pelo terceiro cartão amarelo no jogo tenso com o Botafogo, o lateral Rafinha será substituído por Rodinei. Após dois jogos, o lateral Filipe Luis recuperou a condição física e volta, mas o meia Arrascaeta, com problema no joelho, deve continuar fora do time.

MESSI DO FLA – Tenho escrito que Everton Ribeiro é o mais lúcido e o melhor do time, pelo seu futebol técnico refinado. E fiquei feliz, ao ouvir Filipe Luis dizer a mesma coisa, e até indo além, ao afirmar que “Everton Ribeiro é o melhor do nosso time e está para o Flamengo como o Messi para o Barcelona”. Alegra-me. Estou enxergando bem.

A VIDA MUDA… – Do alto dos seus 34 anos, 15 vividos na Europa – 333 jogos no Atlético de Madrid, de 2010 a 2019 – o catarinense Filipe Luis volta amanhã (10) contra o adversário que o venceu em sua estreia, em que teve atuação ruim, substituído por Renê aos 10 do segundo tempo. Dois dos três gols de Gilberto foram pelo seu setor. Com os 3 x 0 do Bahia, o Flamengo ficou a oito pontos do líder Palmeiras…

BOM LEMBRAR -Bahia 3 x 0 Flamengo, foi a última derrota que o time sofreu no Brasileirão 2019, sob o comando do técnico português. As duas derrotas anteriores, 2 x 1 para o Internacional, na segunda rodada (2 de maio) e 2 x 1 para o Atlético Mineiro, na quinta rodada (19 de maio), foram com Abel Braga dirigindo o time.

O TIME – A permanência de Vitinho, que iniciou contra o Botafogo, ou a entrada de Reinier, que não esteve bem contra o Corinthians e foi substituído no intervalo, é a dúvida na escalação que inicia amanhã (10) com o Bahia: Diego Alves, Rodinei, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luis; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Vitinho ou Reinier; Bruno Henrique e Gabriel.

EQUILÍBRIO – Desde que o Campeonato Brasileiro foi unificado, em 1968, amanhã (10), no Maracanã, será o jogo 45 entre Flamengo e Bahia, marcado pelo equilíbrio. De 1968 a 2019, em 44 jogos, o Flamengo venceu 14, o Bahia ganhou 13 e houve 17 empates. O Flamengo marcou 54 gols e o Bahia, 43. O Flamengo ficou 13 jogos sem perder para o Bahia, que ficou 11 sem perder para o Flamengo.