A Confederação Sul-Americana de Futebol anunciou na tarde desta terça (21), que a decisão da Recopa 2020 entre Flamengo e Independiente del Valle, do Equador, será nas duas últimas quartas-feiras de fevereiro. O primeiro jogo no Estádio Olímpico Atahualpa – 35.742 lugares -, em Quito, dia 16, e o segundo, no Maracanã – 78.838 lugares -, dia 22. A altitude do estádio da capital do Equador é de 2.850 metros.

O FLAMENGO teria que disputar a terceira decisão, entre as duas com o Independiente, no sábado (22) de Carnaval, caso se classifique para a final da Taça Guanabara. A decisão da Recopa Sul-Americana é entre o campeão da Libertadores (Flamengo) e o campeão da Copa Sul-Americana (Independiente del Valle). Se for à final da Taça Guanabara, o Flamengo manterá equipe mista, preservando a maioria dos titulares.

O INDEPENDIENTE é de Sangolquí, município da região metropolitana de Quito, a 25 km da capital do Equador, e nunca foi campeão nacional da primeira divisão em 62 anos, que completará no próximo 1 de março, fundado em 1958. Só ganhou a terceira divisão em 2007 e a segunda divisão em 2009. É dirigido pelo técnico espanhol Miguel Angel Ramirez, de 44 anos, e só tem três estrangeiros no time: dois espanhóis e um uruguaio.