Escolha uma Página


O Flamengo subiu quatro posições e terminou a oitava rodada em sexto lugar com 12 pontos, ao vencer (2 x 0) o Cuiabá, na noite de ontem (1), na Arena Pantanal, no Mato Grosso. Único que ainda não empatou no Brasileiro 2021, o Flamengo venceu a primeira fora de casa, após perder (1 x 0) para o Juventude, e está a seis pontos do líder Bragantino, mas com menos dois jogos como visitante com o Grêmio e o Athletico Paranaense.

DECIDIU CEDO – O Flamengo tomou a iniciativa desde a saída de bola e pressionou o Cuiabá, conseguindo abrir o placar logo aos 10 minutos com o gol de Pedro, após boa jogada de Bruno Henrique e Mateuzinho. O goleiro Walter evitou que o Cuiabá sofresse pelo menos mais dois gols, antes de o árbitro paranaense Rodolfo Toski Marques, com boa atuação, encerrar o primeiro tempo. O Cuiabá até criou, mas não aproveitou nas finalizações.

QUEDA BRUSCA – O Flamengo caiu muito de rendimento na volta do intervalo, mas não chegou a ter o resultado ameaçado. O time do Cuiabá, que sofreu a segunda derrota e ainda não venceu, após quatro empates, não tem poder de finalização, apenas cria boas jogadas, sem ameaçar. É flagrante a queda de rendimento da equipe mato-grossense, estreante na Série A, desde a saída do técnico Alberto Valentim, após a primeira rodada.

DIEGO FORA – O técnico Rogerio Ceni revelou após os 2 x 0 que Diego não iniciaria o Fla-Flu da nona rodada no próximo domingo (4), na Arena Corinthians, por conta do desgaste acentuado da sequência de jogos. Diego sofreu entorse do joelho esquerdo e saiu caminhando com dificuldade, após ser substituído no segundo tempo por Tiago Maia, que fez o segundo gol e deve ser mantido no Fla-Flu. Diego passará hoje (2) por nova avaliação médica.

GABRIEL BATISTA, Mateuzinho, Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luis; Diego (Tiago Maia), João Gomes (Hugo Moura), Michael e Vitinho (Max); Pedro (Rodrigo Muniz) e Bruno Henrique (Werton) – o Flamengo, sexto com 12 pontos – 4 vitórias, 2 derrotas, saldo de quatro gols (9 a 5) -, que o técnico Rodrigo Ceni vê em ascensão e ainda mais motivado para o Fla-Flu. O Fluminense caiu quatro posições e terminou a rodada em décimo terceiro com 13 pontos.

FRUSTRAÇÃO – O atacante Pedro não esconde a frustração, com a decisão do Superior Tribunal, que deu ao clube o direito de não o ceder à seleção olímpica. Depois de ter participado dos amistosos com Cabo Verde e com a Sérvia, Pedro ficou ainda mais empolgado com o projeto olímpico e esperava estar nos Jogos de Tóquio para alcançar o objetivo da medalha de ouro e reforçar a chance de convocação para a Copa do Mundo de 2022.

Foto: UOL Esportes