Escolha uma Página

Depois de duas derrotas consecutivas – 0 x 1 Ceará e 1 x 2 Inter -, o Flamengo voltou a vencer com os 2 x 0 da noite deste sábado (8), em que a torcida compareceu pela metade ao Maracanã, em relação ao último jogo: 28.983 pagantes, com a renda de R$739.360,00. A Chapecoense havia ganho (3 x 2) o jogo do turno, na primeira das quatro derrotas do Flamengo como visitante. Foi o vigésimo jogo do Flamengo em 2018 no Maracanã, com 12 vitórias, 4 empates, 4 derrotas.

PÉ TROCADO – O Flamengo saiu para o intervalo com o domínio amplo do jogo e a vantagem (1 x 0), com o gol de pé direito do lateral-esquerdo canhoto Renê, aos 43, após cruzamento de Rodinei, substituído por Pará na volta para o segundo tempo, com dores no músculo adutor da coxa esquerda. Diego poderia ter feito 2 x 0 aos 46, mas errou ao finalizar na pequena área, chutando por cima.

SEM MUDANÇA – O Flamengo continuou com o domínio no segundo tempo e chegou ao placar final aos 11 minutos. Após Diego bater falta, Leandro Pereira desviou a trajetória da bola com o braço e o árbitro Leandro Bízio Marinho, da Federação Paulista, marcou bem o pênalti. Na cobrança, Diego deslocou o goleiro Jandrei e estabeleceu o placar final de 2 x 0, que poderia ter sido maior, se o Flamengo finalizasse com mais acerto.

150 JOGOS – Na comemoração, o apoiador Willian Arão, que completou 150 jogos, foi um dos que exibiram a camisa 4 do zagueiro Juan, que será operado do calcanhar, mas com pouca chance de voltar a jogar este ano. O paulistano Arão, de 26 anos, 1,81m, desde 14 de dezembro de 2015 no clube, completou 148 jogos com 17 gols marcados. Pouco aproveitado nos jogos anteriores, desta vez jogou o tempo todo.

TERCEIRO LUGAR – Com a décima terceira vitória – décima no Maracanã e sexta por 2 x 0 -, o Flamengo é terceiro com 44 pontos – 13 vitórias, 5 empates, 6 derrotas -, saldo de 15 gols (35 marcados, 20 sofridos), e só sai do terceiro lugar se o Palmeiras (43 pontos) ganhar o clássico de amanhã (9) com o Corinthians, que vai estrear o técnico carioca Jair Ventura. 

O FLAMENGO também pode ser igualado em pontos pelo Grêmio (41), caso ganhe o clássico de amanhã (9) com o Inter, mas o Flamengo tem vantagem de vitórias (13 a 11, o Grêmio pode chegar a 12), primeiro ítem de desempate. Antes do clássico do próximo domingo com o Vasco, que tem o mando de campo, o Flamengo fará quarta (12), no Maracanã, o jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil com o Corinthians.

A CHAPECOENSE termina a rodada em penúltimo, após a nona derrota – oitava como visitante e sem fazer gol em sete jogos -, com 22 pontos, depois de 9 derrotas, 10 empates – time que mais empatou – e só 4 vitórias. O saldo negativo é de 12 gols, com 22 marcados e 34 sofridos. Os dois próximos jogos serão em Chapecó, com Internacional e Fluminense.

GRAMADO RUIM – O Maracanã cobra as taxas mais elevadas entre os estádios brasileiros, mas não cuida do gramado, em condições muito ruins. Flamengo 2 x 0 Chapecoense comprovou isso e os jogadores, cobertos de razão, saíram reclamando bastante.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo