Escolha uma Página

O FLAMENGO ULTRAPASSARÁ O PALMEIRAS E VOLTARÁ A SER VICE-LÍDER, A SEIS PONTOS DO LÍDER ATLÉTICO MINEIRO, se vencer a Chapecoense, na noite de hoje (8), na Arena Condá, em Chapecó, no Oeste catarinense. O Atlético venceu ontem (7) o América Mineiro por 1 x 0 e manteve a liderança com 65 pontos, e o Palmeiras ganhou do Santos por 2 x 0, mantendo-se vice-líder com 55 pontos. O Flamengo, com menos três jogos, tem 53 pontos.

SÓ 4 TITULARES – Sem o goleiro Diego Alves, “com desgaste físico acentuado”, segundo o clube;  o meia Andreas, suspenso, e o lateral Isla, com a seleção do Chile nas eliminatórias, o Flamengo só terá quatro titulares: os meias Willian Arão e Everton Ribeiro, e os atacantes Gabriel e Bruno Henrique. O lateral Filipe Luis; os meias Diego e Arrascaeta, e o atacante Pedro, que fez cirurgia no joelho, continuam sob cuidados médicos, sem previsão de retorno.

ESCALAÇÃO – Gabriel Batista, Mateuzinho, Rodrigo Caio, Leo Pereira e Ramon; Willian Arão, João Gomes, Everton Ribeiro e Michael; Gabriel e Bruno Henrique – o Flamengo, do ataque mais positivo com 52 gols em 28 jogos. Em último e rebaixada à Série B em 2022, a Chapecoense não vence há 10 jogos – 4 empates, 6 derrotas -, e a única vitória foi como visitante sobre o Bragantino por 2 x 1, na 20ª rodada, dia 11 de setembro. 

GOL 100 – Gabriel pode completar 100 gols, desde 24 de fevereiro de 2019, quando marcou o primeiro no 4 x 1 no Americano, pelo Campeonato Carioca. Depois de nove jogos, o atacante fez os dois no Athletico, em Curitiba, onde o time deixou escapar a vitória após fazer 2 x 0. A uma semana dos 126 anos da fundação do clube, hoje faz 2 anos e 9 meses da maior tragédia da história do Flamengo, em que morreram 10 jogadores das divisões de base, no incêndio do Ninho do Urubu, na madrugada da 6ª feira, 8 de fevereiro de 2019.

ATLÉTICO 1 x 0 – Com o gol do lateral Guilherme Arana, aos 16 minutos do segundo tempo, o Atlético venceu o América  no clássico mineiro por 1 x 0, diante de 60.142 pagantes (R$2.377.732,00), manteve a liderança com 65 pontos e 100% de aproveitamento no Mineirão, desde abril de 2020, com a 40ª vitória do técnico Cuca em 61 jogos. Se vencer o Corinthians na próxima 4ª feira (10), o Atlético igualará seu próprio recorde de 13 vitórias consecutivas como mandante. 

PALMEIRAS 2 x 0 – O Palmeiras ganhou pela quinta vez consecutiva, com 2 x 0 sobre o Santos, na Vila Belmiro. Rony fez o primeiro gol aos 44 minutos e retribuiu a assistência a Raphael Veiga para marcar de fora da área, no ângulo direito, aos 27 minutos do segundo tempo. O vice-líder Palmeiras, com 55 pontos, pode cair para o terceiro lugar, se o Flamengo, com 53, vencer hoje (8) a Chapecoense.

CEARÁ 1 x 0 – No jogo dos que mais empataram (15 vezes), o Ceará venceu o Cuiabá por 1 x 0, gol de cabeça do zagueiro Messias, na Arena Castelão, em Fortaleza, onde o atacante Cleber teve a chance do segundo gol, mas perdeu pênalti. Pela primeira vez no atual campeonato, desde que o técnico gaúcho Tiago Nunes assumiu, o Ceará ganhou dois jogos consecutivos, após 1 x 0 no Fluminense. Ceará, 10º, 39 pontos; Cuiabá, 9º, 39 pontos, por vantagem no saldo de gols.

BAHIA 1 x 0 – Com a terceira vitória e quatro empates, o Bahia melhorou muito, desde que o técnico paulista Guto Ferreira assumiu, e se afastou do rebaixamento ao vencer o São Paulo por 1 x 0, gol do atacante Rossi, diante de 18.393 pagantes, na Arena Fonte Nova, em Salvador. 14º com 37 pontos, o São Paulo jogará 4ª (10) com o Fortaleza, no reencontro de Rogerio Ceni com seu ex-time, e o Bahia, 15º com 36 pontos, jogará 5ª (11) com o Flamengo, no Maracanã.

NA PRÉVIA da final da Copa Sul-Americana, que disputarão dia 20, no Uruguai, o Athletico Paranaense venceu o Bragantino por 2 x 0, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O jogo só foi bom no segundo tempo, quando o lateral Marcinho, aos 14, e o meia Pedro Rocha, aos 44, marcaram os gols. Mesmo com a 6ª derrota, o Bragantino manteve o 4º lugar com 49 pontos; o Athletico, que não vencia há seis jogos, é 11º com 38 pontos.