Depois dos jogos deste fim de semana, em que o Flamengo visitará a Chapecoense e o Grêmio receberá o Corinthians, ficarão faltando quatro jogos antes que os campeões carioca e gaúcho voltem a se enfrentar para decidir quem será o finalista da Libertadores inédita, a ser decidida em jogo único e em estádio neutro, dia 23 de novembro no Chile.

A VANTAGEM – Na rodada 24, dias 9 e 10, ambos jogarão em casa: o Flamengo com o Atlético Mineiro e o Grêmio com o Ceará. A seguir, rodada no meio da semana, dias 12 e 13, com ambos jogando fora: o Flamengo com o Atlético Paranaense e o Grêmio com o Atlético Mineiro. E mais dois jogos seguidos para ambos, nas rodadas 26 e 27.

A INVERSÃO – No fim de semana da rodada 26, domingo (16), o Grêmio jogará em casa com o Bahia, e o Flamengo será visitante no jogo com o Fortaleza. Já na rodada 27, quarta (19), o Grêmio irá ao Ceará para o jogo com o Fortaleza, e o Flamengo, mandante, terá o Fla-Flu, que no turno terminou 0 x 0.

A OPÇÃO – O Grêmio praticamente não tem chance de ser o campeão brasileiro de 2019, posto que se encontra, hoje, faltando dezesseis rodadas, quinze pontos atrás do líder. Sua opção, com certeza, é a de que ganhar pela quarta vez a Libertadores. O Flamengo não pode se dar a esse direito: seu último Brasileiro foi em 2009 e sua última Libertadores em 1981, o que o obriga ao esforço máximo para não aumentar o jejum.

A PRÉVIA – Uma semana antes de decidirem a vaga para a final da Libertadores, Flamengo e Grêmio estarão se enfrentando, também no Maracanã, pela rodada 33 do Brasileirão. Pela tabela, o jogo será quarta (16), um dia depois do feriado de 15 de novembro, quando o Flamengo vai comemorar os 124 anos de fundação.

A ANÁLISE – Com certeza, o Flamengo terá que fazer uma análise bem criteriosa sobre a escalação da equipe. Quem deseja ganhar os dois títulos, depois de tantos anos, não pode deixar de fazer o sacrifício do uso da força máxima. Mas, ainda assim, é preciso pesar bem o desgaste de cinco jogos seguidos em intervalo de onze dias.

A FINAL – Bom dizer desde logo que o Brasileirão terá quatro rodadas antes da grande final de 23 de novembro da Libertadores. Flamengo ou Grêmio, o que estiver classificado para decidir com Boca ou River, iniciarão o mês com clássicos: o Grêmio no Grenal e o Flamengo, no Maracanã, com o Corinthians, logo no dia 2 ou no dia 3.

O FLAMENGO terá outro clássico, dia 6, com o Botafogo, e o Grêmio, também em casa, com o CSA. No dia 9, o Grêmio sai para jogar com a Chapecoense, e o Flamengo recebe o Bahia, com certeza pensando na devolução dos 3 x 0 do turno em Salvador. E depois, dia 16, Grêmio x Flamengo, em Porto Alegre, uma semana antes da grande final do dia 23 no Chile.

Foto: Ganhador.com