NÉSTOR FABIÁN PITANA, argentino de 46 anos, árbitro da final da Copa do Mundo de 2018 França 4 x 2 Croácia, apitará Palmeiras x Flamengo, dia 27, no estádio Centenário, em Montevidéu, segunda final consecutiva da Libertadores entre brasileiros, como a de 2020 em que o Palmeiras venceu o Santos por 1 x 0 no Maracanã. Dono de academia e professor de educação física em Buenos Aires, Pitana foi árbitro dos Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil.

NÉSTOR PITANA foi o segundo árbitro argentino a apitar uma final de Copa do Mundo, depois de Horacio Elizondo, que em 2006 dirigiu a decisão Itália 1 x 1 França, vencida pela Itália nos pênaltis por 5 x 4. Os outros dois sul-americanos em finais de Copa do Mundo foram o carioca Arnaldo Cesar Coelho em Itália 3 x 1 Alemanha, em 1982, e o paulista Romualdo Arppi Filho em Argentina 3 x 2 Alemanha, em 1986.

O ÁRBITRO DE FLAMENGO x PALMEIRAS, na final da Libertadores 2021, dia 27, às 17 horas, no estádio da final da primeira Copa do Mundo – Uruguai 4 x 2 Argentina -, em 30 de julho de 1930, também já foi ator e participou do filme La Fúria, rodado em Buenos Aires. Ele é do signo de Gêmeos, nascido na terça-feira, 17 de junho de 1975, na pequena cidade de Corpus, a 10 km da capital Buenos Aires.

Foto: Conmebol