Escolha uma Página

O FLUMINENSE perdeu para o São Paulo por 1 x 0, gol do atacante Luciano, aos 43 minutos do 2º tempo, na tarde deste sábado (1) no Morumbi, e pode cair até seis posições, saindo de 5º para 10º ou 11º, ao término da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em um de seus piores jogos, com futebol medroso, defensivo em mais de 80% das ações, o Fluminense limitou-se aos contra-ataques e sofreu a quarta derrota, terceira sem fazer gol em sete jogos como visitante.

O GOLEIRO FÁBIO voltou a evitar derrota mais ampla, com boas defesas em cabeçada do zagueiro equatoriano Arboleda e em chutes do volante Pablo Maia e do atacante Juan. A única chance real de gol do Fluminense foi na cabeçada do zagueiro Tiago Santos, que substituiu Nino, suspenso, bem defendida pelo goleiro Rafael. Diante do recuo do Fluminense, o domínio do São Paulo foi acentuado e merecia mais que 1 x 0, 21º em 121 jogos do campeonato .

A JOGADA DO GOL que decidiu o clássico dos tricolores no Morumbi foi em três toques: cruzamento do lateral Rafinha, assistência de cabeça do atacante David e finalização de pé esquerdo de Luciano, no canto esquerdo, aos 43 minutos do 2º tempo. Foi o 60º gol em 171 jogos de Luciano, goiano de 30 anos, no São Paulo desde agosto de 2020, ano em que foi artilheiro do Campeonato Brasileiro com 18 gols.

Luciano

FOI A 1ª DERROTA do Fluminense em cinco jogos com a camisa grená, depois de quatro vitórias sem sofrer gol, e também a primeira derrota do lateral Marcelo em 12 jogos, após 8 vitórias e 3 empates, no primeiro jogo em que o time não fez gol, depois de 16 anos de títulos e recordes no Real Madrid. Marcelo foi substituído aos 38 do 2º tempo por Guga, reserva de Alexsander, em tratamento e sem previsão de retorno.

ALÉM DA DERROTA, o Fluminense também perdeu Jhon Arias para o jogo da 14ª rodada com o Internacional, domingo (9), no Maracanã. O ponta colombiano foi expulso nos acréscimos, após um empurrão em Pablo Maia. O capitão Nino cumpriu suspensão e vai reaparecer ao lado de Felipe Melo, embora David Braz já deva estar recuperado. Nenhum dos três com dois cartões amarelos – Fábio, Tiago Santos e Keno – foi advertido no jogo deste 1º sábado de julho.

SÃO PAULO 1 x 0 FLUMINENSE registrou R$2.523.257,00. 49.153 pagantes. O árbitro gaúcho Anderson Luis Daronco acertou na expulsão de Jhon Arias, visivelmente descontrolado, e no cartão amarelo aplicado em Felipe Melo. Os advertidos do São Paulo foram o lateral Patryck e o meia Gabriel Neves. Daronco revisou o lance do gol em menos de dois minutos e viu que o atacante Luciano, ex-Fluminense (2018-19, 55 jogos, 20 gols), estava em posição legal.

ÚNICO QUE NÃO SOFREU gol em seis jogos da fase de grupos da Copa Sul-Americana, o São Paulo completou sete jogos sem ser vazado: Rafael, Rafinha, Arboleda, Alan Franco e Patryck; Pablo Maia, Gabriel Neves (Alisson) e Nestor (Marcos Paulo); Rodriguinho (Wellington Rato), Luciano (Nathan) e Juan (David). O técnico Dorival Junior não sabe se terá a volta do artilheiro argentino Calleri, com dores nas costas, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil com o Palmeiras, 4ª feira (5), no Morumbi. O catarinense Braulio Machado, árbitro Fifa, apitará.

APÓS 2 JOGOS DE SUSPENSÃO, Fernando Diniz voltará à área técnica no jogo com o Internacional. O assistente Eduardo Barros pediu desculpas à torcida após a derrota para o São Paulo pela péssima atuação do time: Fábio, Samuel Xaviver, Felipe Melo (Felipe Andrade), Tiago Santos e Marcelo (Guga); Martinelli, Lima e Gabriel Pirani (Lelê); Jhon Arias, Cano, que voltou a ter atuação apagada, e Keno (John Kennedy). O assistente disse que as condições clínicas de Ganso, com dores no pé, recomendaram que fosse preservado para a sequência da maratona.

O FLUMINENSE deve investir em contratações na janela de transferências de julho, ao receber durante a semana a primeira parcela de R$43 milhões dos direitos de 20% de transmissões da televisão, que distribuirá aos clubes R$208 milhões pelo contrato por 50 anos com a LFF (Liga Forte Futebol). A expectativa dos torcedores é a de que o clube tente jogadores de ataque.

Fotos: Divulgação