Escolha uma Página

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Fluminense realiza campanha vergonhosa no Brasileirão 2018 e é dos considerados grandes o que mais perdeu, com a décima sexta derrota (2 x 0), sofrida na noite desta quinta (22) para o Bahia, que marcou os dois gols em três minutos, logo no início do segundo tempo, na Arena Fonte Nova, em Salvador. R$306.198,00. 16.437 pagantes. O primeiro gol foi de Zé Rafael, de cabeça, aos 7, e o segundo, aos 10, de Edigar Junio, em outra falha da defesa.

VERGONHOSO –  O Fluminense sofreu a quarta derrota nos últimos seis jogos, em que não conseguiu sequer marcar um gol: 0 x 0 Ceará, 0 x 3 Palmeiras, 0 x 0 Sport, 0 x 1 Vasco, 0 x 3 Santos, 0 x 2 Bahia. 44 anos depois, o Fluminense supera seu próprio recorde negativo de 1974, de 530 minutos sem marcar um gol, chegando agora, em 2018, aos 568 minutos sem gol !!!  O último gol do Fluminense, no atual campeonato, foi no 1 x 0 sobre o Atlético Mineiro, na trigésima rodada, dia 21 de outubro no Maracanã.

Foto: Divulgação Fluminense

A QUATRO PONTOS – Com a derrota para o Bahia, o Fluminense desceu duas posições e terminou a rodada em décimo terceiro lugar com 42 pontos, só quatro à frente do Sport (38), que caiu para o décimo sétimo lugar. Foi a décima primeira derrota do Fluminense em 18 jogos fora do Rio, onde só ganhou três e empatou quatro. O próximo jogo será o último como visitante, domingo (25), em Porto Alegre, com o Internacional. Na última rodada, com o América Mineiro, no Maracanã.

OMBRO – O goleiro Julio Cesar, do Fluminense, fez teste durante o aquecimento, mas não passou. Ele continua com dores no ombro e foi substituído por Rodolfo, que falhou no primeiro gol. Depois, o goleiro se reabilitou e fez pelo menos três boas defesas, evitando que o Fluminense fosse goleado.

DÉCIMA VITÓRIA – Com a décima vitória em dezoito jogos em Salvador, o Bahia manteve o décimo primeiro lugar, igualando-se em pontos (47) e em vitórias (12) ao Santos, perdendo só no saldo de gols. O do Santos é de 6 a favor (42 a 36) e o do Bahia, agora é só de menos 1 (39 a 40). Domingo (26), o Bahia jogará em Belo Horizonte com o América Mineiro e na última rodada, dia 2 de dezembro, em Salvador, com o Cruzeiro.

TRÊS CARTÕES – O árbitro Flávio Rodrigues de Souza, da Federação Paulista, teve atuação correta e advertiu com cartões amarelos o zagueiro Tiago e o apoiador Elton (Bahia). O atacante Everaldo, que teve gol bem anulado, por impedimento, aos 10 do primeiro tempo, foi o único do Fluminense a receber cartão amarelo. O gol foi anulado pelo assistente Alex Ribeiro, também da Federação Paulista.