Escolha uma Página

A 4ª RODADA FOI SOB MEDIDA para o Fluminense, que assumiu a liderança do Campeonato Carioca, ao vencer o Nova Iguaçu por 3 x 0, na noite deste último domingo (28) de janeiro, em noite chuvosa, com R$82.992,00 e 3.388 pagantes no estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio de Janeiro.

O FLUMINENSE tirou a invencibilidade do Nova Iguaçu, que vinha de duas vitórias e um empate, e se isolou na liderança com 10 pontos, 3 vitórias, 1 empate, 7 gols marcados e 2 gols sofridos, sendo um dos três invictos, com Vasco, 4º com 8 pontos, e Flamengo, 8º com 5 pontos, mas com menos um jogo.

O FLUMINENSE já saiu para o intervalo com 1 x 0, gol de Isaac, aos 25, e logo aos 7 do 2º tempo ampliou a vantagem com Luan aos 7, e João Neto fez o 3º gol aos 44. Houve duas estreias, as dos meias Gabriel Pires, ex-Botafogo, substituído por Gustavo aos 29 do 2º tempo, e Renato, que entrou no intervalo no lugar de Artur, ambos para ganhar ritmo de jogo.

O TIME DA 3ª VITÓRIA consecutiva: Vitor Eudes, Justen (Alexandre), Luan, Antonio Carlos e Rafael (Marcos); Felipe, Gabriel Pires (Gustavo) e Artur (Renato Augusto); Isaac (Kauã), Lelê e João Neto. O Fluminense voltará ao estádio Luso Brasileiro na próxima 5ª feira (1) para o jogo da 5ª rodada com o Bangu, penúltimo, sem vitória. Domingo (4), o jogo da 6ª rodada com o Boavista será em Saquarema.

TENTANDO O 2º TRI CARIOCA no Maracanã, após 83-84-85, o Fluminense faz campanha superior nas quatro primeiras rodadas de 2024, com três vitórias consecutivas, 2 x 1 na Portuguesa, 1 x 0 no Audax, 3 x 0 no Nova Iguaçu, após 1 x 1 na estreia com o Volta Redonda. No bi de 2023, goleando o Flamengo (4 x 1), o Fluminense iniciou com 2 x 0 no Resende, 1 x 0 no Nova Iguaçu, 0 x 1 com o Madureira e 1 x 1 com o Boavista.

NO ANOS DE 122º ANIVERSÁRIO de fundação (21/7/1902), o Fluminense disputará em fevereiro a primeira decisão de 2024, a da Recopa Sul-Americana, em dois jogos com a LDU – Liga Deportiva Universitária -, nas quartas-feiras, 21 e 28. O primeiro jogo no estádio Casa Blanca (41.700 lugares), em Quito, capital do Equador, e o segundo, no Maracanã.

CAMPEÃO DA LIBERTADORES, o Fluminense decidirá a Recopa Sul-Americana com a LDU, campeã da Copa Sul-Americana, ao vencer o Fortaleza nos pênaltis.

Fotos: Maílson Santana / Fluminense