Divulgação Fluminense

Depois de eliminar o Ypiranga, de Erechim, do norte gaúcho, com os 3 x 0 da noite de ontem (6), no Maracanã, o Fluminense saberá no sorteio de amanhã (7), na sede da CBF, onde jogará com o Luverdense EC, do Mato Grosso, seu adversário na terceira fase da Copa do Brasil. Sem problema se for no Rio, mas um tanto complicado se for em Lucas do Rio Verde, 334 km ao norte da capital Cuiabá.

GOL DE BARRIGA – O Fluminense já saiu para o intervalo com 2 x 0, gols de Everaldo logo aos cinco minutos, aproveitando falha do goleiro, e Luciano aos 37, com assistência do lateral Caio Henrique. Na volta do intervalo, o primeiro gol de Ganso, aos 12, concluindo de barriga – à Renato Gaúcho no Fla-Flu da final carioca de 95 em que o Fluminense (3 x 2) foi campeão no ano do centenário do Flamengo – o leve desvio de cabeça do zagueiro Digão, após escanteio de Caio Henrique.

RENDEU BEM – Pouco mais de seis mil torcedores – 5.847 pagantes, R$182.950,00 – foram ao Maracanã – e o técnico Fernando Diniz avaliou ter sido bom o rendimento do Fluminense: Rodolfo, Gilberto (Calazans), Digão, Mateus Ferraz e Caio Henrique; Bruno Silva, Airton (Allan, 14 do segundo tempo) e Ganso (Daniel, 30 do segundo tempo); Luciano, Everaldo e Yony Gonzalez. Ganso levou a mão à coxa pouco antes de ser substituído. O clube não informou se sobre a gravidade do problema.