O resultado do jogo deste sábado (12) com o Bahia, no Maracanã, pode deixar o Fluminense entre a cruz e a espada: se vencer, soma 29 pontos e só vai subir uma posição, se o Vasco (28) perder amanhã para o Fortaleza (28). Se perder, o Fluminense voltará ao rebaixamento, se Ceará (23) e CSA (25) vencerem.

CONFIANÇA – O Fluminense passou a ter mais confiança depois de ganhar sete dos nove pontos nos últimos três jogos – 2 x 1 no Grêmio, 1 x 0 no Botafogo e 0 x 0 com o Cruzeiro – e nem mesmo as ausências de Caio Henrique e Allan, com a seleção olímpica; Marcos Paulo, com a seleção portuguesa sub-19, e Ganso e Yuri, suspensos, preocupam tanto.

O TIME – No terceiro jogo, depois de efetivado, o treinador Marcão definiu Muriel, Gilberto, Nino, Digão e Orinho; Airton, Daniel e Nenê; Wellington Nem, Yony Gonzalez e João Pedro. O Fluminense tem 7 vitórias, 5 empates, 12 derrotas e saldo negativo de 9 gols, com 25 marcados e 34 sofridos. 

QUATRO EM CASA – O jogo deste sábado (12) com o Bahia será o primeiro de quatro consecutivos no Maracanã: quarta (16), com o Atlético Paranaense; sábado (19), com o Flamengo, e depois com a Chapecoense. A seguir, com o Ceará, em Fortaleza, e a volta ao Maracanã, na trigésima rodada, para o jogo com o Vasco, em 2 ou 3 de novembro.

TRÊS POSIÇÕES – A maior motivação do Bahia, oitavo com 38 pontos, é a de subir três posições, desde que Grêmio e Internacional, também com 38, não vençam, e o São Paulo, com 40, perca o clássico de amanhã (13) com o Corinthians, no Morumbi. Depois de ganhar (2 x 0) do Avaí, o Bahia, em Salvador, perdeu (2 x 1) para o Atlético Paranaense e ficou no 0 x 0 com o São Paulo.

Foto: Lucas Mercon / Fluminense FC