TRÊS DIAS APÓS A VIRADA POR 2 x 1, em que tirou a invencibilidade do Botafogo, o Fluminense voltou neste domingo (13) ao estádio Nilton Santos, e com a 5ª vitória consecutiva – 1 x 0 na Portuguesa, gol de Cano, aos 8 minutos do segundo tempo -, assumiu a liderança do Campeonato Carioca com 15 pontos, 2 a mais que o Flamengo, novo vice-líder, que disparou a maior goleada: 5 x 0 no Nova Iguaçu.

4ª SEM SOFRER GOL – A 5ª vitória consecutiva foi a 4ª em que o Fluminense, com a defesa menos vazada, não sofreu gol (só 2 em 6 jogos). Os dois gols sofridos foram na única derrota, por 1 x 0 para o Bangu, na estreia, e na virada por 2 x 1 sobre o Botafogo, na 5ª rodada. As quatro vitórias por 1 x 0, no Madureira, Audax, Flamengo e Portuguesa. Abel Braga ajustou bem o esquema com três zagueiros.

VOLTA DE GANSO – O Fluminense poupou quase todos os titulares. Depois de 23 jogos e 3 gols em 2021, o meia Ganso fez o 1º jogo em 2022, substituindo Cano nos 5 minutos finais. Foi o 87º jogo de Ganso, desde janeiro de 2019. Quem não voltou bem foi o meia Natan, emprestado pelo Atlético Mineiro, substituído por Luis Henrique aos 31 do 2º tempo, após não participar dos últimos três jogos.

JHON ARIAS FOI O MELHOR do 1 x 0 na Portuguesa, em que o Fluminense teve Fabio, bem no 2º jogo, David Duarte, Manoel e Lucas Claro; Calegari, Nonato (Yago, 30 do 2º tempo), Martinelli, Natan (Luis Henrique, 31 do 2º tempo) e Cristiano; Cano (Ganso, 43 do 2º tempo) e Jhon Arias (Willian, 36 do 2º tempo). Calegari voltou bem, após 3 cartões em 4 jogos, e Felipe Melo não jogou, pelo 3º cartão em 5 jogos. 

FRED, CANO E ARIAS – O próximo jogo é com o Volta Redonda, sábado (19), e o time viaja domingo (20) para a altitude de 2.640 metros de Bogotá, onde estreará na pré-Libertadores, 3ª (22), com o Millonarios, que na noite de hoje (13), em Cali, venceu o Deportivo Cali por 2 x 0 e subiu 7 posições, terminando a 6ª rodada em 5º, com 11 pontos, após a 3ª vitória consecutiva.  Abel Braga disse que ainda vai decidir se inicia com Fred, Cano ou o colombiano Jhon Arias, que “está pedindo passagem”. 

PARABÉNS AO ÁRBITRO – Fluminense 1 x 0 Portuguesa teve boa atuação do militar Bruno Arleu de Araújo, na FIFA desde 2019, aquariano que nesta 2ª feira (14), completa 39 anos. O árbitro carioca só fez duas advertências com cartão amarelo, aos 31 do 1º tempo, no zagueiro Leandro Amaro, e aos 19 do 2º tempo, no volante Sidnei, ambos por falta em Jhon Arias. R$122.976,00.  5.011 pagantes.

Foto: André Durão