Yony González foi um dos destaques individuais da noite Foto: Lucas Merçon / Fluminense

O Fluminense ganhou a primeira no Campeonato Carioca 2019 e terminou a segunda rodada com quatro pontos, a dois do Vasco, na vice-liderança do Grupo B, ao golear (4 x 0) o Americano de Campos, na noite de ontem (24), no estádio Elcir Resende de Mendonça, em Bacaxá, distrito de Saquarema, na região dos lagos. Com amplo domínio, o time já saiu para o intervalo com 1 x 0, gol de Everaldo, aos 39 minutos, após um passe rasteiro preciso de Luciano.

MAIS TRÊS – O Fluminense continuou com o domínio no segundo tempo e consolidou a vitória com mais três gols: recuado, para ajudar a defesa na marcação, o atacante Gustavo fez gol contra aos 17, desviando chute do colombiano Yony Gonzalez, outro estreante que deixou boa impressão. O terceiro gol, aos 20, foi do zagueiro Mateus Ferraz, de cabeça, após falta de Daniel, que aos 39 deu o passe para Yony Gonzalez arrancar e deixar três marcadores para trás, tocando na saída do goleiro, para fazer 4 x 0.

YONY GONZALEZ, 24 anos, é de Medellin, segunda maior cidade da Colômbia. Destacou-se no Envigado e foi comprado pelo Atlético Júnior, de Barranquilha. Fez o gol da vitória do título de campeão colombiano de 2018, destcando-se na campanha com 10 gols em 48 jogos, um ano depois de ter ganho a Copa Colômbia. Yony Gonzalez é do estilo rápido, objetivo, bom driblador e finalizador. Mostrou-se feliz com o entrosamento e por ter fechado a goleada de 4 x 0 da noite de ontem (24) sobre o Americano. O atacante colombiano acertou a trave logo aos nove minutos e saiu após o quarto gol, queixando-se de dores musculares.

FLUMINENSE – Todo de branco, o time teve Rodolfo, Ezequiel, Ibañez (Natan, 22 do segundo tempo), Mateus Ferraz e Mascarenhas; Airton, Bruno Silva (Caio Henrique, 33 do segundo tempo) e Daniel; Luciano, Everaldo e Yony Gonzalez (Mateus Gonçalves, 40 do segundo tempo). Técnico – Fernando Diniz. O próximo jogo será domingo (27), às 17 horas, no Maracanã, com a Portuguesa, que ainda não fez gol em dois jogos.

AMERICANO – Luis Henrique, Léo, Admilton, Gabriel e Rafinha; Vandinho, Abuda, Marquinhos (Paulo Vítor, 31 do segundo tempo) e Neto (Dedé, 24 do segundo tempo); Gustavo (Espinho, 22 do segundo tempo) e Romário. Técnico – Josué Teixeira.

SEIS CARTÕES – O árbitro Alexandre Vargas de Jesus teve atuação correta e aplicou seis cartões amarelos: Yony Gonzalez, Airton, Bruno Silva e Luciano (Fluminense), Gabriel e Vandinho.