Depois de duas derrotas por 1 x 0 para Goiás e Botafogo, o Fluminense abriu a quinta rodada do Brasileirão 2019, goleando (4 x 1) o Cruzeiro, campeão mineiro, na noite deste sábado (18), em sua primeira vitória como mandante no Maracanã. O atacante paulista João Pedro, de 17 anos, voltou a se destacar com dois gols, embora só tenha entrado aos 26 do segundo tempo. Em cinco rodadas, foi a primeira vez que o time terminou o primeiro tempo em vantagem (1 x 0). R$253.360,00. 10.724 pagantes.

MELHOR JOGO – Após os desempenhos ruins nas derrotas para o Goiás e o Botafogo, foi o melhor jogo que o Fluminense realizou como mandante. O gol único do primeiro tempo foi do zagueiro Nino, de cabeça, aos 44, completando cruzamento do meia Daniel. O time voltou elétrico após o intervalo e fez 2 x 0 antes do primeiro minuto, com o gol de Luciano, que completou 26 anos e ganhou de presente a indecisão dos zagueiros do Cruzeiro. Dois minutos depois, Ganso saiu jogando errado e Robinho aproveitou para empatar.

JOÃO PEDRO marcou os dois últimos da goleada, aos 35, após cruzamento de Marcos Paulo, e aos 49, depois de passar por três marcadores. João Pedro Junqueira de Jesus, de 17 anos, 1,82m, é paulista de Ribeirão Preto (26/9/2001), e já está negociado com o Watford, modesto décimo primeiro colocado dos vinte do Campeonato Inglês. O mesmo clube que comprou Richarlison e depois o renegociou com o Everton, de Liverpool.

LONGO JEJUM – O Cruzeiro sofreu a terceira derrota como visitante no Brasileirão 2019, depois de 3 x 1 para o Flamengo e o Internacional. O campeão mineiro completou 16 jogos sem vencer fora de Belo Horizonte. A última vitória foi em 3 de junho de 2018, em Fortaleza, sobre o Ceará (1 x 0, gol de Sassá). Na sexta rodada, mais um jogo como visitante, na Arena Condá, com a Chapecoense.

FLUMINENSE – Agenor, Gilberto, Mateus Ferraz, Nino e Caio Henrique; Allan, Daniel (Igor Julião) e Ganso; Leo Arthur (João Pedro), Luciano (Marcos Paulo) e Yony Gonzalez. O técnico Fernando Diniz agiu certo ao substituir Luciano para que saísse aplaudido, após muitas vaias no jogo de quarta (15) pela Copa do Brasil em que saiu sob vaias depois do 1 x 1 com o Cruzeiro. O Fluminense chegou aos 6 pontos com a segunda vitória e pode subir quatro posições. Do saldo negativo de 2 gols (6 x 8), com a goleada, o time passou a ter saldo de 1 gol (10 x 9).

Nas quatro rodadas restantes, antes da pausa de um mês para a Copa América – 14 de junho a 14 de julho -, o Fluminense terá dois jogos consecutivos fora, com o Bahia e o Atlético Paranaense, e volta ao Rio para o Fla-Flu. Na nona, o adversário será a Chapecoense, em Santa Catarina.

CRUZEIRO – Fabio, Orejuela (Marquinhos Gabriel), Dedé, Leo e Dodô; Henrique, Lucas Romero, Robinho e Rodriguinho (David); Pedro Rocha e Fred (Sassá). O técnico Mano Menezes reconheceu que o time voltou a falhar muito, criando poucas situações de gol. Fred completou quatro jogos contra o Fluminense sem fazer gol. A marcação sobre ele, principalmente de Mateus Ferraz, foi atenta e bem feita. Com a goleada, o Cruzeiro terminou a rodada com saldo negativo de cinco gols (6 x 11).

QUATRO CARTÕES – O árbitro Flavio Rodrigues de Souza, da Federação Paulista, teve boa atuação e aplicou quatro cartões amarelos: Allan e Luciano, do Fluminense; Rodriguinho e Pedro Rocha, do Cruzeiro.

Foto: Paraná Portal UOL