Escolha uma Página

O FLUMINENSE iniciou maio ganhando o primeiro título de campeão da Copa do Brasil Sub-17, com a virada sobre o São Paulo por 2 x 1, no início da tarde desta 4ª feira (1) no Estádio da Cidadania, em Volta Redonda, e horas depois estreou na 3ª fase da Copa do Brasil, com vitória sobre o Sampaio Corrêa por 2 x 0, em Cariacica.

O FLUMINENSE fez a virada do título Sub-17 no 2º tempo, com os gols de Isaque, convertendo aos 12 minutos o pênalti de Nicolas em Kaio, e de Riquelme Felipe, nos acréscimos, aos 51 minutos. O São Paulo, melhor no primeiro tempo, havia saído para o intervalo com 1 x 0, gol de Gustavo aos 18 minutos.

O TIME CAMPEÃO: Gustavo Félix, Kaio (Rayan), Gorgulho, Bringel e Vagno (Marcos); Tauan (Natan), Renan (Erick) e Isaque; Riquelme Felipe, Mateus (Oliver) e Keven. Técnico – Felipe Canavan, mineiro de 35 anos, vice-campeão na decisão de 2020 com o São Paulo.

O FLUMINENSE marcou 17 gols e sofreu 2, com 4 x 0 no Porto Vitória, do Espírito Santo; 3 x 0 no América Mineiro; 6 x 0 no CRB; 2 x 1 no Sport e 2 x 1 no São Paulo. O meia Isaque, do Fluminense, foi o artilheiro com 6 gols.

O FLUMINENSE é o sétimo campeão da Copa do Brasil Sub-17, antes conquistada por Palmeiras, Atlético Mineiro, Corinthians, Vitória, Flamengo e São Paulo, que havia vencido o Fluminense na decisão de 2020.

A EQUIPE PRINCIPAL do Fluminense garantiu praticamente a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil, ao vencer o Sampaio Corrêa, maior campeão do Maranhão, por 2 x 0, na tarde desta 4ª feira (1), no estádio Kleber Andrade, em Cariacica, na Grande Vitória, capital do Espírito Santo. O clube maranhense vendeu o mando de campo por R$1 milhão.

O MEIA URUGUAIO David Terans fez o gol do 1º tempo, desviando chute de Lima aos 33 minutos, e o Fluminense ampliou a vantagem na volta do intervalo com o gol de pênalti sofrido pelo colombiano John Arias, que converteu com a categoria habitual aos 41 minutos.

MESMO SEM ALGUNS TITULARES, o Fluminense foi superior: Fabio, Marquinhos (Guga), Antonio Carlos, Felipe Andrade e Diogo Barbosa; Martinelli, Lima (Alexsander) e David Terans; Douglas Costa (Isaac), Renato Augusto (Kauã) e John Arias (Jan Lucumí). No jogo de volta, dia 22, no Maracanã, o Fluminense terá a vantagem de poder perder por um gol para passar às oitavas de final.

NO OUTRO JOGO da tarde, o visitante Atlético Goianiense venceu o Brusque por 1 x 0, gol do ponta Luis Fernando, no estádio Gustavo Kruger, em Santa Catarina, e se classificará às oitavas de final com empate, dia 22, no jogo de volta no estádio Antonio Accyoli, em Goiânia.

Fotos: Leonardo Brasil/FFC