Escolha uma Página

O FLUMINENSE precisava do empate, fez 1 x 0, levou a virada e não conseguiu sair do rebaixamento, após a terceira derrota como visitante, por 2 x 1 para o São Paulo, na noite desta 2ª feira (13), no Morumbi. Foi o terceiro jogo em que não soube manter a vantagem, como nos 2 x 2 com Bragantino e Atlético Mineiro.

O FLUMINENSE terminou a 6ª rodada em 17º, com a única vitória sobre o Vasco (2 x 1), na 3ª rodada; dois empates e três derrotas como vistante: Bahia (2 x 1), Corinthians (3 x 0) e São Paulo (2 x 1, a segunda virada em 51 jogos do Brasileiro de 2024, depois de Internacional 2 x 1 Bahia, na rodada de abertura, em 13 de abril).

O SÃO PAULO subiu do 9º ao 5º, com 10 pontos, na 1ª vitória no Morumbi, onde perdeu na estreia para o Fortaleza (2 x 1) e empatou (0 x 0) com o Palmeiras. Desde a estreia, em 25 de abril, o técnico argentino Luis Zubeldia, ex-meia de 43 anos, chegou à 5ª vitória e 1 empate, marca que o São Paulo não conseguia há 10 anos.

O FLUMINENSE abriu o placar com o gol contra do lateral Igor Vinícius, aos 29, ao desviar chute de Keno. O São Paulo empatou aos 32, com o paraguaio Bobadilla, aproveitando falha de Fábio. O gol da virada foi do equatoriano Arboleda, aos 38 do 2º tempo, completando na pequena área o escanteio da direita de Erick.

O ÁRBITRO gaúcho Anderson Luis Daronco, de 43 anos, acertou em anular o gol de Luciano, aos 24 do 2º tempo, quando estava 1 x 1, por falta de Rodriguinho, que empurrou Lima com a mão direita, junto à linha de fundo, antes de dar a assistência para o chute de Luciano.

O TÉCNICO Fernando Diniz foi expulso aos 39 do 1º tempo, após discutir com Luciano. O atacante foi contratado tanto no São Paulo – 33 jogos, 17 gols – quanto no Fluminense – 55 jogos, 20 gols – por indicação do técnico, expulso pela sétima vez. Luciano foi advertido com cartão amarelo.

SÃO PAULO 2 x 1 FLUMINENSE registrou R$2.103.391,00. 39.515 pagantes, em noite de tempo bom e 32 graus no estádio do Morumbi, onde o São Paulo, já classificado para o mata-mata das oitavas de final da Libertadores, voltará 5ª feira (16) para o jogo da penúltima rodada com o Barcelona, de Guaiaquil (Equador).

SÃO PAULO – Rafael, Igor Vinicius, Arboleda, Alan Franco e Patrick (Wellington); Bobabilla (Galoppo), Rodrigo Nestor (Erick) e Alisson; Luciano, Juan (Rodriguinho) e André Silva (Ferreira). O próximo jogo do São Paulo pelo Brasileiro será o da 7ª rodada com o Cruzeiro, na próxima 2ª feira (20), no Morumbi.

FLUMINENSE – Fábio, Marquinhos, Manoel (Felipe Andrade), Antonio Carlos e Diogo Barbosa (Marcelo); Martinelli (Kennedy), Lima e Alexsander; Arias, Kauã (Terans) e Keno (Guga). Um dia após o aniversário de 36 anos (12/5/88), Marcelo quase empatou, acertando de pé direito a trave esquerda, aos 44 do 2º tempo.

O FLUMINENSE, atual campeão e líder invicto e único com saldo de gol do Grupo A, voltará ao Maracanã 5ª feira (16) para o jogo com o vice-líder Cerro Porteño, do Paraguai. O próximo jogo do Fluminense no Brasileiro será o clássico da 8ª rodada com o Botafogo, sábado (25), no estádio Nilton Santos.

Fotos: Rádio Itatiaia, Reprodução/SporTV e Gustavo Motta/Pera Photo Press/Gazeta Press