Em seu quarto jogo como visitante, o Fluminense perdeu a invencibilidade, depois de três empates, na derrota por 1 x 0 para o Atlético Goianiense, na noite de ontem (23), no estádio Antonio Accioly, em Goiânia. O gol foi do zagueiro Nathan Silva, de 24 anos, emprestado pelo Atlético Mineiro, completando de cabeça o cruzamento do meia Artur Ramos, aos 35 do segundo tempo. O goleiro Fernando Miguel, emprestado pelo Vasco, fez duas boas defesas em finalizações de Fred.

FIM DA SEQUÊNCIA – O Fluminense estava invicto desde a goleada (5 x 0) que sofreu do Corinthians, em 13 de janeiro de 2021, na Arena Corinthians, em seu pior resultado no Campeonato Brasileiro de 2020. Desde então, conseguiu se manter invicto em 14 jogos, sua segunda maior sequência desde 2003, no primeiro campeonato por pontos corridos. A maior invencibilidade continua sendo a 2010, quando foi campeão brasileiro, com 10 vitórias e 5 empates.

SEM CONVENCER – O Fluminense inicia o Campeonato Brasileiro de 2021 sem convencer, com apenas duas vitórias por 1 x 0 como mandante sobre o Cuiabá e o Santos. Nos quatro jogos como visitante, 0 x 0 com o São Paulo, 2 x 2 com o Bragantino, 1 x 1 com o Fortaleza e a derrota (1 x 0) para o Atlético Goianiense, que teve dois jogos adiados, mas é quinto, igual em pontos (10) e vitórias (3) ao Palmeiras, por ter marcado mais gols (10 a 5).

PODE CAIR MAIS – Com a derrota para o Atlético Goianiense, o Fluminense caiu para o oitavo lugar, com 9 pontos em 6 jogos , saldo de um gol (5 a 4), e pode cair mais, se na noite de hoje (24) o Bahia, nono com 8 pontos, e o Santos, décimo com 7, vencerem o Athletico Paranaense e o Grêmio. O jogo do Fluminense na sétima rodada será domingo (27), em São Januário,  com o Corinthians, que joga hoje (24), em casa, com o Sport.

MARCOS FELIPE, Calegari (Samuel Xavier e depois André), Nino, Lucas Claro e Egídio; Martinelli, Yago e Nenê (Ganso); Kayky (Luis Henrique), Fred (Abel Hernandez) e Gabriel Teixeira, que reconheceu o erro que deu origem ao gol que decidiu o jogo e a perda da invencibilidade do Fluminense. O técnico Roger Machado considerou a atuação abaixo do normal e disse que “os erros técnicos influíram no resultado e taticamente preciso fazer correções”.

SÃO PAULO 2 x 2 CUIABÁ – Seis rodadas já se passaram e nada de vitória do São Paulo, antepenúltimo com 3 pontos – 3 empates, 3 derrotas, saldo negativo de 5 gols (3 a 8) -, após o 2 x 2 da noite de ontem (24), no Morumbi, com o Cuiabá, décimo sexto com 3 pontos em 4 jogos, 3 empates, 1 derrota e saldo negativo de 1 gol (4 a 5). Os quatro gols foram no primeiro tempo: Martin Benitez, ex-Vasco, e Gabriel Sara, e Rafael e Elton, os do Cuiabá, que fez a virada para 2 x 1.

Foto: Burno Corsino