O FLUMINENSE ASSUMIU A VICE-LIDERANÇA ao vencer o Ceará, mas caiu duas posições, com a vitória do Corinthians, e o empate do Atlético Mineiro, e pode sair do G4, se o Internacional vencer o América Mineiro, na noite de hoje (11), na Arena Beira Rio, em Porto Alegre. Ganhando, o Inter empata em pontos (28) e vitórias (7), com o Atlético, e supera o time mineiro no saldo de gols, segundo item de desempate.

SEXTO COM 25 PONTOS, 6 vitórias, saldo de 7 gols (22 a 15), o Internacional tiraria o Atlético Mineiro do 3º lugar, e o Fluminense, 4º com 27 pontos, cairia para o 5º lugar, e o Athletico Paranaense, 5º com 27 pontos, desceria para o 6º lugar. O Fluminense está igual ao Athletico Paranaense não só em pontos (27), mas em vitórias (8), empates (3), derrotas (5) e tem vantagem no saldo de gols (7 a 3).

O TÉCNICO MANO MENEZES, do Internacional, não conta com o lateral argentino Bustos, com desgaste muscular, e com o atacante paulista Cadorini, suspenso. Sem o meia Alan Patrick, recuperando-se de contusão, o técnico pode promover a estreia de Gustavo Maia, de 21 anos, emprestado pelo Barcelona. 15º com 18 pontos, igual ao Avaí, 16º, e ao Ceará, 17º, o América tenta se afastar do rebaixamento.

O EMPATE CAIU DO CÉU

O CORITIBA SAIU MUITO VAIADO para o intervalo, quando perdia para o Juventude por 2 x 0, reagiu, mas não conseguiu evitar o segundo jogo consecutivo sem vitória no estádio Couto Pereira. O lateral Paulo Henrique fez 1 x 0 aos 5 minutos e o atacante Ricardo Bueno ampliou a vantagem do Juventude aos 34. No 2º tempo, Leo Gamalho marcou de cabeça aos 8 e o argentino Adrian Martinez empatou aos 33.

ADRIAN MARTINEZ, que evitou a derrota com um belo gol de fora da área, é reconhecido pelos torcedores do Coritiba por ter ultrapassado várias situações adversas, desde cedo, na vida particular. Natural da cidade de Campana, na província de Buenos Aires, ele foi catador de lixo, ajudante de pedreiro, teve um irmão baleado três vezes e cumpriu prisão por ter sido confundido com um malfeitor. 

O CORITIBA É 14º com 19 pontos, saldo negativo de 5 gols (20 a 25), e o Juventude, 19º com 12 pontos, só ganhou dois jogos e acumula oito derrotas, além do pior saldo negativo de 13 gols, com 15 marcados e 28 sofridos. Só tem mais 1 ponto que o Fortaleza, lanterna com 11.

Foto: Lucas Merçon/Fluminense