SEM VAGA NA LIBERTADORES e enquanto a Sul-Americana não vem, o Fluminense quer manter 100% de aproveitamento nos clássicos, no primeiro jogo das semifinais com o Botafogo, 2ª feira (21), no estádio Nilton Santos. O técnico Abel Braga e os jogadores mostram-se confiantes, após superarem o abatimento pela perda da vaga nos pênaltis, “uma fatalidade”, de acordo com o pensamento da maioria.

ALÉM DAS SEMIFINAIS, o Fluminense está atento às outras duas frentes. O sorteio da fase de grupos da Copa Sul-Americana será na próxima 6ª (25), com estreia dia 5 ou 6 de abril. O segundo torneio mais importante do continente terá mais três fases – oitavas, quartas e semifinais – e a decisão em jogo único está marcada para 1 de outubro na Arena de Brasília.

O FLUMINENSE aguarda também o sorteio da terceira fase da Copa do Brasil, em que só o campeão tem vaga certa na Libertadores do ano seguinte. O campeão da Copa do Brasil ganhará R$60 milhões, mas com a soma de todas as fases, o prêmio estará em torno de R$80 milhões. O vice-campeão terá garantidos R$25 milhões, mais os bônus de todas as fases, premiação bem acima da de 2021.

DOIS DO FLUMINENSE foram convocados para torneios internacionais: o lateral Esquerdinha, da seleção sub-15, que o técnico Dudu Patetuci dirigirá no Torneio Uefa, no País de Gales, em 9, 11 e 14 de abril, com  Espanha, Turquia e País de Gales, e o atacante Gustavo, da seleção sub-17, que o técnico Phelipe Leal dirigirá no Torneio de Montaigu, na França, nos dias 12, 14 e 16 de abril, com Inglaterra, Holanda e México.

Foto: LANCE!