Escolha uma Página

SEM DOIS – Além de Caio Paulista, expulso no minuto final por discutir com o atacante Robson, também expulso, o Fluminense também não terá Fred, advertido com o terceiro cartão amarelo, no clássico da noite do próximo domingo (24) com o Botafogo, em São Januário. O jogo seria no Maracanã, mas o estádio está cedido à Confederação Sul-Americana para a decisão da Libertadores, a terceira entre equipes brasileiras, que Santos e Palmeiras disputarão dia 30.

O Fluminense irregular, descompassado, que ganha o Fla-Flu de virada nos acréscimos e leva goleada do Corinthians, foi o que se viu na noite desta quarta (15), no estádio Couto Pereira, onde teve muita dificuldade para empatar (3 x 3) com o antepenúltimo Coritiba, que esteve três vezes em vantagem e saiu com 2 x 0 para o intervalo. Sétimo, com 47 pontos, o Fluminense terminará a rodada em oitavo, se o Santos, com 45, vencer o Fortaleza, nesta quinta (21), na Arena Castelão.

TRÊS MINUTOS – O Coritiba fez 1 x 0 logo aos 3 minutos, com o gol do meia Luis Henrique, de fora da área, e ampliou aos 33, em contra-ataque em alta velocidade, aos 33, com o gol do lateral Natanael. Na volta do intervalo, o Fluminense iniciou a reação com o primeiro gol como profissional do atacante John Kennedy, de 18 anos, aproveitando o rebote do goleiro Wilson, aos 14, e Fred empatou de cabeça aos 27, após cruzamento de Egídio. A virada não passou de expectativa.

ACRÉSCIMOS – O Coritiba voltou a ficar em vantagem com o gol do atacante Robson, de fora da área, aos 31, aproveitando a falha do goleiro Marcos Felipe na reposição da bola. O empate final só foi conseguido nos acréscimos, com o gol de Caio Paulista, aos 46, chutando por baixo do goleiro. Paulistano de 22 anos, Caio Paulista é do Tombense FC, da Zona da Mata de Minas, a 5 km da divisão com o estado do Rio de Janeiro, e está emprestado ao Fluminense.

MARCOS FELIPE, Calegari, Lucas Claro, Mateus Ferraz e Egídio; Martinelli, Yago Felipe (Nenê) e Michel Araújo (Caio Paulista); Luis Henrique (John Kennedy), Fred (Felipe Cardoso) e Lucca (Wellington Silva) – o Fluminense do quarto empate como visitante, o primeiro em 3 x 3, após três 1 x 1. O árbitro Felipe Fernandes Lima, da Federação Mineira, agiu certo nas expulsões e na aplicação dos cartões amarelos em Calegari, Martinelli, Yago Felipe e Fred. O único advertido do Coritiba foi o atacante Neilton.

O CORITIBA, do técnico paraguaio Gustavo Morínigo, que na estreia venceu o Vasco em São Januário, continua tentando escapar do rebaixamento. Em décimo oitavo com 26 pontos em 31 jogos – ganhou 6, perdeu 17, empatou 8 – o time tem saldo negativo de 18 gols, com 26 marcados e 42 sofridos. 

Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC