COM O GOL DE CABEÇA DE CANO, aos 41 minutos do primeiro tempo, o Fluminense venceu o Audax, penúltimo colocado, no encerramento da 3ª rodada do Campeonato Carioca, na noite desta 5ª feira (3), no estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador. Com 7 pontos, o time subiu três posições e está em 4º lugar, a 1 ponto dos invictos Botafogo, que assumiu a liderança, Flamengo – adversário do próximo domingo (6) – e Vasco, 3º colocado. 

O GOLEIRO FÁBIO, DE 41 ANOS, foi saudado pelos torcedores com o coro de melhor do Brasil, ao fazer boa estreia, com pelo menos três defesas difíceis. O zagueiro David Duarte, ex-Goiás, estreou bem e foi substituído aos 23 do 2º tempo por Nino, e o lateral equatoriano Mario Pineida, que pela primeira vez iniciou, sentiu a coxa e pediu para sair aos 21 do 1º tempo. Cristiano, que o substituiu, foi quem bateu o escanteio para o desvio do zagueiro Manoel e o gol de Cano.

OS TORCEDORES DO FLUMINENSE se revoltaram e passaram a vaiar o técnico Abel Braga, aos 19 do 2º tempo, quando ele substituiu Yago, aniversariante do dia, por Willian. Os torcedores gritaram várias vezes o nome de Ganso, que ainda não jogou em 2022, mas o técnico deixou o meia até o final na reserva. As entradas de Caio Paulista e Wellington, nos lugares de Luis Henrique e John Arias, contribuíram para novos protestos e o coro de “burro”.

FOI A SEGUNDA VITÓRIA CONSECUTIVA do Fluminense com gols de estrangeiros, depois que o equatoriano Jhon Arias marcou o do 1 x 0 no Madureira. O argentino Cano usou o indicador e o polegar direitos para fazer o L, ao comemorar o gol da noite. Depois do escanteio do lateral Cristiano, o leve desvio de cabeça do zagueiro Manoel e a cabeçada de Cano, no cantinho, sem defesa para o goleiro Max, que teve boa participação no jogo.

O FLUMINENSE POUPOU A MAIORIA dos titulares para o Fla-Flu do próximo domingo (6), no estádio Nilton Santos, e a equipe teve Fábio, David Duarte (Nino, 23 do 2º tempo), Manoel e Lucas Claro; Calegari, Martinelli, Yago (Willian, 19 do 2º tempo), Jhon Arias (Wellington, 20 do 2º tempo) e Mario Pineida (Cristiano, 21 do 1º tempo); Luis Henrique (Caio Paulista, 23 do 2º tempo) e Cano. Yago completou 27 anos e foi homenageado com a braçadeira de capitão do time.

1 x 0 É O PLACAR DOS TRÊS PRIMEIROS jogos do Fluminense no Carioca de 2022, com derrota na estreia para o Bangu e vitórias sobre Madureira e Audax, único que ainda não fez gol: 0 x 0 com o Nova Iguaçu, 0 x 1 com Portuguesa e com Fluminense. O árbitro Wagner Magalhães teve boa arbitragem, anulou bem um gol de Jhon Arias por impedimento, e só aplicou cartões amarelos em jogadores do Audax: nos meias Danilo e Maxwell e no zagueiro Tomás.

RODADA COM MAIS GOLS – Única sem 0 x 0 e com a primeira vitória de virada em 18 jogos, a terceira rodada foi a que mais gols registrou (19). Placares mais frequentes: 1 x 0 em seis jogos e 1 x 1 em cinco jogos. 11 das 12 equipes já fizeram e sofreram gol; a do Audax é a única que ainda não marcou. O Vasco tem o ataque mais positivo, com 8 gols, e os artilheiros, Nenê e Raniel, com 3. Fluminense e Flamengo, as defesas menos vazadas: 1 gol. 

Foto: Lance!