O FLUMINENSE terá a vantagem do empate para avançar às quartas de final, dia 12 de julho no Mineirão, depois de vencer o Cruzeiro por 2 x 1, maior campeão da Copa do Brasil com seis títulos, na noite desta 5ª feira (23), diante de seu maior público de 2022 no Maracanã – 43.521 pagantes -, em jogo de muita intensidade, com três gols de cabeça, dois marcados por zagueiros. 

FESTA COMPLETA, em mais uma noite esplendorosa da torcida tricolor no Maracanã, desde a entrada do time em campo, quando Fábio, depois de 976 jogos, recordista com a camisa do Cruzeiro, se emocionou com o nome gritado em coro. O goleiro de 41 anos, no Fluminense desde janeiro, campeão carioca de 2022, completou 31 jogos com a camisa do Fluminense, e foi um dos nomes destaque da vitória.

O FLUMINENSE TEVE UM GOL de Cano anulado por impedimento aos 17 minutos, sob muita expectativa da revisão do VAR, mas se manteve ofensivo, embora só conseguindo abrir o placar aos 46, quando o zagueiro Manoel completou de cabeça o cruzamento de Ganso. Quatro minutos antes, o Cruzeiro ficou com 10, pela expulsão do lateral Geovane, que cometeu falta dura no meia Nonato.

O GOL DE EMPATE DO CRUZEIRO foi aos 51 minutos, com o zagueiro Lucas Oliveira concluindo de cabeça o cruzamento do meia Filipe Machado. Na volta do intervalo, com menos um, o Cruzeiro foi mais cauteloso e o Fluminense decidiu o jogo com o gol de cabeça de Cano, aos 11 minutos. Foi o 58º jogo entre os times, 29º no Maracanã, onde o Fluminense ganhou o 13º, com 41 gols, e seis vitórias do Cruzeiro, com 30 gols.

FLUMINENSE 2 x 1 CRUZEIRO registrou R$1.333.727,50, com 43.521 pagantes, menos 4.249 dos 47.770 ingressos à venda. O Cruzeiro sofreu a segunda derrota no Maracanã, 11 dias após perder por 1 x 0 para o Vasco, no domingo, 12 de junho, pela 12ª rodada da Série B, que lidera. Bom lembrar que na Copa do Brasil o gol fora de casa deixou de valer como critério de desempate.

FOI O ÚLTIMO JOGO DE LUIZ HENRIQUE no Maracanã e o atacante de 21 anos também se emocionou, renovando o reconhecimento ao apoio da torcida. Vendido ao Betis de Sevilha por sete milhões de euros, Luiz Henrique se despedirá dos tricolores no clássico de domingo (26) com o Botafogo, no estádio Nilton Santos, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, e viajará na próxima semana para a Espanha.

FÁBIO, Samuel Xavier (John Kennedy), Manoel, Nino e Caio Paulista; Nonato (Mateus Martins), André e Ganso (Martinelli); Luiz Henrique, Cano (Pineida) e Arias, o Fluminense da estreia vitoriosa no mata-mata das oitavas de final, ganhando com autoridade do recordista de títulos da Copa do Brasil. O técnico Fernando Diniz disse que “o time teve mais uma atuação convincente, embora nem sempre seja possível vencer”.

DESTA VEZ NÃO HOUVE VIRADA

TRÊS DIAS DEPOIS DE LEVAR A VIRADA, com dois gols de zagueiros nos acréscimos, no encerramento da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo manteve o placar do 1º tempo e ganhou do Palmeiras por 1 x 0, na noite desta 5ª feira, diante de 38.201 pagantes no Morumbi, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Dia 14 de julho, no Allianz Parque, avançará às quartas de final com o empate.

QUANDO O MEIA CARIOCA PATRICK, de 29 anos, fez o gol aos 31 minutos, os torcedores do São Paulo comemoraram tanto ou mais que no jogo de anterior, mas o filme da virada da noite da última 2ª feira (20), não deixou de ser lembrado. Só que desta vez o São Paulo soube manter a vantagem e poderia até ter ampliado, mas não aproveitou outras chances.

PARA COMPLETAR OS JOGOS DE IDA das oitavas de final da Copa do Brasil falta apenas a estreia de América Mineiro e Botafogo, que farão o jogo de ida na próxima 5ª (30), no estádio Independência, em Belo Horizonte. O segundo jogo será na noite de 14 de julho no estádio Nilton Santos.

Foto: UOL