O Fluminense voltou a vencer depois de dois meses e meio, e só retorna ao rebaixamento se o Cruzeiro ganhar do Atlético no clássico mineiro deste primeiro domingo (4) de agosto. O Fluminense tem 12 pontos em 13 jogos, e o Cruzeiro, 10 pontos em 12 jogos. O Fluminense vinha de três empates e quatro derrotas como mandante, com a única vitória (4 x 1) sobre o Cruzeiro, na quinta rodada, em 18 de maio. Nos 2 x 1 deste sábado (3) sobre o Internacional, no Maracanã, os gols foram no segundo tempo.

SETE ANOS DEPOIS – Além do já longo jejum de vitórias no Brasileirão 2019, o Fluminense voltou a vencer o Internacional depois de sete anos. A última vitória (2 x 1) havia sido em 10 de maio de 2012, no estádio Nilton Santos, e o Fluminense foi às oitavas de final da Libertadores, com os gols de cabeça de Leandro Eusébio e Fred, depois que Leandro Damião marcou primeiro para o Inter, dirigido por Dorival Júnior e  que tinha como goleiro Muriel, hoje no Fluminense,cujo técnico era Abel Braga.

NOVO ARTILHEIRO – Cada time teve duas chances no primeiro tempo. O goleiro Marcelo Lomba evitou que o Fluminense marcasse em chutes de Pedro aos 13 e aos 45, e Muriel fez boas defesas no chute do zagueiro Bruno Fuchs aos 31 e na cabeçada do colombiano Tréllez aos 38. Na volta do intervalo, o colombiano Yony Gonzalez – novo artilheiro do time em 2019 com 15 gols em 36 jogos – abriu o placar aos 13, completando de cabeça o cruzamento de Carlos Henrique.

GOL CONTRA – O Fluminense continuou pressionando para garantir a vitória e conseguiu o segundo gol aos 23, marcado contra por Natanael. O chute dePedro foi desviado pelo zagueiro Bruno Fuchs e ainda bateu em Natanael, deslocando o goleiro. Natanael, 28 anos, paraibano de Campina Grande, estava no Ludogorets, da Bulgária, e foi contratado há exatamente um mês pelo Internacional, que fez o gol aos 47, com o meia Edenilson aproveitando rebote de Muriel após cruzamento de Rafael Sóbis.

FLUMINENSE – Muriel, Igor Julião, Nino, Digão e Caio Henrique; Allan (Airton, 32 do segundo tempo), Daniel (Wellington Nem, 39 do segundo tempo) e Ganso; Marcos Paulo (Nenê, 17 do segundo tempo), Pedro e Yony Gonzalez. Técnico – Fernando Diniz. Com a terceira vitória, o Fluminense soma 12 pontos – 3 empates, 7 derrotas – e ainda tem saldo negativo de quatro gols (18 a 22).

INTERNACIONAL – Marcelo Lomba, Zeca, Klaus, Bruno Fuchs e Natanael; Rithely, Nonato (Edenilson, 36 do segundo tempo) e José Gabriel (D’Alessandro, intervalo); Rafael Sóbis, Wellington Silva e Tréllez (William Pottker, 22 do segundo tempo). Técnico – Odair Hellmann. Com a quinta derrota – 2 empates, 6 vitórias -, o Internacional soma 20 pontos e tem saldo de quatro gols (16 a 12), mas pode sair do G6, se o Corinthians, com 19, ganhar o clássico deste domingo (4) com o Palmeiras.

TRÊS CARTÕES – Não só os três gols, mas também os três cartões amarelos aplicados pelo árbitro Rodolfo Toski Marques, da Federação Paranaense e da FIFA, foram no segundo tempo: o primeiro foi para Nonato, por falta dura em Nenê aos 34, e o segundo foi simultâneo, para Ganso e Edenilson, que se envolveram em discussão acirrada, aos 51, um minuto antes do final. Apesar do sábado chuvoso e com temperatura baixa, Fluminense 2 x 1 Internacional teve R$395.355,00, com 15.239 pagantes.

JEJUM DO INTER – É bem longo o tempo sem vitória do Internacional fora de Porto Alegre. A última foi em 22 de agosto – 1 x 0, gol do volante Patrick, sobre o Bahia, que não perdia há oito jogos – e então, pela vigésima rodada do Brasileirão 2018, o Inter chegava à quinta vitória consecutiva em vinte rodadas. Com a derrota deste sábado (3) para o Fluminense, o Inter acumula o 0 x 0 com o Santos, e as outras quatro derrotas: Chapecoense (2 x 0),Palmeiras (1 x 0)Vasco (2 x 1) e Atlético Paranaense (1 x 0)

SUL-AMERICANA – Antes do primeiro jogo com o Corinthians, pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, dia 22, na Arena Corinthians , o Fluminense jogará no próximo sábado (10) com o Atlético Mineiro, às 21 horas, no estádio Independência, e voltará ao Maracanã para o jogo da décima quinta rodada com o CSA, sábado (17), às 19 horas. O Internacional jogará na próxima rodada com o Corinthians, domingo (11), às 11 horas, na Arena Beira Rio, em Porto Alegre.

Foto: Fox Esportes