Depois da goleada de 5 x 0 que levou na Arena Corinthians, o Fluminense voltou a vencer, sem atuação convincente, e com o 1 x 0 da noite deste sábado (16) no Sport Club Recife, no estádio Nilton Santos, manteve o sétimo lugar com 46 pontos dos 90 disputados. O gol foi do atacante Lucca, maranhense de 30 anos, 1,78m, aos 4 minutos do segundo tempo, cabeceando o cruzamento do lateral Calegari. A bola desviou no atacante Patric, que ajudava a defesa, e tirou a chance do goleiro Luan Polli.

PÊNALTI E EXPULSÃO – O primeiro tempo foi de baixo nível técnico e o Fluminense reclamou de pênalti de Patric em Lucca, logo aos seis minutos, mas o árbitro acertou em não marcar. O Sport pouco ameaçou – não à toa tem o segundo pior ataque do campeonato (24 gols em 30 jogos) -, e a partir dos 40 minutos, ficou com menos um, pela expulsão acertada do lateral gaúcho Junior Tavares, emprestado pelo São Paulo, com instinto maldoso, ao pisar o tornozelo esquerdo do lateral-direito Calegari.

GOL E TRAVESSÃO – O Fluminense foi feliz ao aproveitar a chance logo aos quatro minutos do segundo tempo, com o cruzamento preciso de Calegari e a cabeçada de Lucca, que desviou em Patric quando o goleiro Luan Polli ia na direção certa da bola. O uruguaio Michel Araújo quase fez o segundo gol aos 10, em cabeçada no travessão, e aos 20, na melhor chance do Sport, Dalberto também cabeceou no travessão, após a falta batida por Patric.

FLUMINENSE – Marcos Felipe, Calegari, Lucas Claro, Mateus Ferraz e Danilo Barcelos; Martinelli, Yago Felipe e Michel Araújo (Nenê); Lucca (Hudson), Fred (Felipe Cardoso) e Luis Henrique (Caio Paulista). O técnico Marcão, recuperado da Covid-19, voltou a dirigir o time, sétimo com 46 pontos em 30 jogos – 13 vitórias, 10 derrotas, 7 empates, saldo de 3 gols (40 a 37) -, que jogará quarta (20), em Curitiba, com o lanterna Coritiba, e sábado (23), em São Januário, com o Botafogo.

SPORT – Luan Polli, Raul Prata (Hernane), Maidana, Adryelson (Ricardinho) e Junior Tavares; Marcão, Ronaldo (Everton) e Betinho; Patric, Marquinhos (Sander) e Dalberto (Mikael). Técnico – Jair Ventura. Décimo quinto com 32 pontos em 30 jogos – 9 vitórias, 16 derrotas, 5 empates e saldo negativo de 14 gols (24 a 38) -, o Sport cairá uma posição, se o Fortaleza vencer o Internacional neste domingo (17). Próximos jogos: quinta (21) na Arena Corinthians, e domingo (24), em Recife, com o Bahia.

TRÊS CARTÕES – Além do cartão vermelho na expulsão de Junior Tavares, o árbitro Heber Roberto Lopes só aplicou dois cartões amarelos no segundo tempo: no meia Sander, do Sport, que derrubou Michel Araújo aos 13, e no atacante Fred, por travar o contra-ataque com falta em Betinho. Em 42 confrontos, vitória 17 do Fluminense; o Sport ganhou 13 e houve 12 empates. No Rio, em 23 jogos, décima terceira vitória do Fluminense; cinco do Sport e cinco empates.

Foto: Lance!