Escolha uma Página

APROVEITANDO BEM os contra-ataques, em suas duas únicas finalizações na direção do gol, o Fortaleza foi o primeiro visitante a vencer, em quatro jogos da abertura do Campeonato Brasileiro de 2024, com 2 x 1 sobre o São Paulo, na noite de ontem (13), no Morumbi. R$1.836.126,00. 35.055 pagantes.

PRIMEIRO MANDANTE a ser derrotado, o São Paulo só fez bom primeiro tempo, quando obrigou o goleiro gaúcho João Ricardo, de 35 anos, a três boas defesas, em finalizações de Calleri, Luciano e Pablo Maia. O Fortaleza suportou bem a pressão, e se soltou mais na volta do intervalo, sabendo explorar os contra-ataques.

OS ARGENTINOS Juan Martin Lucero, de 32 anos, e Imanol Machuca, de 24, foram precisos nas finalizações. Lucero abriu o placar aos 21, com chute forte no canto esquerdo, e Machuca, aos 35, fez o 2º gol. O atacante André Silva, comprado do Vitória de Guimarães, marcou aos 39 o gol do São Paulo, seu 2º em 4 jogos.

BOM LEMBRAR: nos últimos seis jogos no Morumbi, terceira vitória do Fortaleza e três empates. E mais: o técnico argentino Juan Pablo Vojvoda manteve a escrita de nunca ter perdido para o São Paulo, desde os tempos em que dirigia o Talleres, de Córdoba: foi a sexta vitória que conseguiu, depois de cinco empates.

FORTALEZA, primeiro visitante a vencer no Brasileiro de 2024: João Ricardo, Britez, Kuscevic e Titi; Pacheco, Hércules (Lucas), Zé Welison (Pedro Augusto), Pochettino e Pikachu (Machuca); Marinho (Moisés) e Lucero (Tinga). 4ª feira (17) o Fortaleza jogará com o Cruzeiro, na Arena Castelão, e domingo (21) visitará o Criciúma.

SÃO PAULO, primeiro a perder em casa no Brasileiro de 2024: Rafael, Diego Costa, Arboleda e Ferraresi; Igor Vinicius (Erick), Pablo Maia, Alisson (Nestor) e Galoppo (James); Michel (William), Calleri e Luciano (André Silva). A situação do técnico Tiago Carpini é insustentável e não será surpresa se sair antes do jogo de 4ª feira (17) com o Flamengo, no Maracanã.

O ÁRBITRO Alex Stefano, de 35 anos, da Federação do Rio, teve atuação correta, advertindo com cartão amarelo Luciano, do São Paulo, e Pochettino, Lucero e Britez. Foi o 25º confronto dos times no Brasileiro, com a 7ª vitória do Fortaleza, seis empates e 12 vitórias do São Paulo, que sofreu a 4ª derrota em 13 jogos em casa.

Fotos: Leonardo Moreira / Fortaleza EC