Fortaleza e Botafogo, da Paraíba, decidirão pela primeira vez a Copa do Nordeste, nas duas últimas quartas de maio. Primeiro jogo dia 22, no estádio Castelão, na capital do Ceará, e o segundo jogo dia 29, no estádio Almeidão, em João Pessoa, porque a campanha do Botafogo foi melhor. O técnico Rogerio Ceni pode ganhar o terceiro título em pouco mais de um ano no comando do Fortaleza, depois de ter sido campeão brasileiro da Série B em 2018 e campeão cearense em 2019.

ROMARINHO DECIDE – Valeu a pena esperar. Depois de 29 jogos, o atacante Romarinho, de 25 anos, marcou o primeiro gol com a camisa do Fortaleza, aos 33 do segundo tempo, levando ao delírio mais de 30 mil torcedores, no 1 x 0 sobre o Santa Cruz, do Recife, na noite de ontem (9), no estádio Castelão. Os finalistas: Marcelo, Tinga, Natan, Roger e Bruno; Paulo Roberto, Edinho e Dodô (Araruna); Osvaldo (Marcinho), Junior Santos (Romarinho, aos 19 do segundo tempo) e Wellington Paulista. 

CABEÇA DE COSTAS – O gol que levou o Botafogo à final foi marcado de cabeça, no minuto final, pelo atacante Juninho, de costas para o goleiro, após a cobrança de falta do meia Clayton, aos 44 minutos, no estádio Almeidão, em João Pessoa, na noite de ontem (9). Nando havia feito 1 x 0 aos 10, e Tarcísio empatou aos 15 para o Náutico. Quando estava 1 x 1, o goleiro Bruno, do Náutico, defendeu pênalti batido pelo lateral Fabio.

Os finalistas: Saulo, Israel, Donato, Lula e Fabio; Rogerio, Clayton e Marcos Aurelio (Enercino); Marcus Vinícius (Dico), Juninho e Nando (Paulo Renê). O Botafogo, de João Pessoa, é dirigido pelo técnico Evaristo Piza, de 46 anos, paulista de Campinas, que levou o time ao título paraibano de 2019Em 2014 foi campeão paulista da Série A2 pelo Capivariano.

DÉCIMA SEXTA – A decisão inédita de 2019 entre Fortaleza, campeão cearense, e Botafogo, campeão paraibano, é a décima sexta da Copa do Nordeste, criada em 1994, mas só organizada pela CBF a partir de 2003. O Vitória, da Bahia, é o maior vencedor com quatro títulos, seguido do Sport e do Bahia com três. Os outros cinco campeões foram América de Natal, Campinense, Santa Cruz, Ceará e Sampaio Corrêa, de São Luis, atual campeão, ao vencer o Bahia (1 x 0) na decisão de 2018.

Foto: O Povo Online