Escolha uma Página

ATUAL VICE-CAMPEÃO, o Fortaleza estreou com vitória na Copa Sul-Americana de 2024, com 2 x 0 sobre o Trinidense, do Paraguai, na noite de ontem (3), no estádio Defensores del Chaco, da capital Assunção. Tiago Galhardo fez 1 x 0 logo aos 4 minutos, e Pikachu marcou o 2º gol aos 47 minutos do 2º tempo.

O FORTALEZA estreou não só com boa vitória, mas como líder do Grupo D, porque o Nacional Potosi, da Bolívia, seu próximo adversário na Arena Castelão, ficou no 0 x 0 com o Boca Juniors, segundo maior campeão da Libertadores com seis títulos, hoje relegado à disputa da Copa Sul-Americana.

FORTALEZA x CEARÁ, um dos maiores clássicos do Nordeste, vale o título cearense de 2024, no próximo sábado (6), na Arena Castelão. O Fortaleza, 46 vezes campeão, tenta o inédito hexa; o Ceará, com 45 títulos, quer se igualar ao arquirrival. Mais de 55 mil ingressos vendidos, depois do 0 x 0 no primeiro jogo da decisão.

DE VOLTA À COPA SUL-AMERICANA, depois de dois anos, o Cuiabá não fez boa estreia na noite de ontem (3), no 1 x 1 com o Lanús, da Argentina, na Arena Pantanal. O volante carioca Fernando Sobral marcou o gol do Cuiabá, aos 13 do 2º tempo, e o atacante argentino Augusto Lotti empatou aos 35.

O CUIABÁ será campeão mato-grossense de 2024 com o empate, sábado (6), no estádio Luthero Lopes, com o União de Rondonópolis, a 219 km da capital, depois de vencer o primeiro jogo por 1 x 0, gol do atacante paraguaio Isidro Pitta, na Arena Pantanal.

O BRAGANTINO estreou com vitória na Copa Sul-Americana por 1 x 0 sobre o Coquimbo Unido, do Chile, na noite de ontem (3), no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O gol foi do ponta paulista Vitinho, emprestado pelo Dínamo de Kiev, da Ucrânia, aos 47 minutos do 1º tempo.

O CRUZEIRO estreará na Sul-Americana com a Universidad Católica, do Equador, na altitude de 2.850 metros do Estádio Olímpico Atahualpa, da capital Quito, na noite de hoje (4). O técnico argentino Nicolás Larcamon poupará titulares para a decisão de domingo (7) do Campeonato Mineiro com o Atlético, no Mineirão. 2 x 2 na ida.

Fotos: Repodução