Com dois gols de Wellington Paulista no segundo tempo, o Fortaleza venceu fácil a Chapecoense, que não encontra forças para sair do último lugar. O primeiro, aos 5 minutos, convertendo pênalti de Douglas em Romarinho, e aos 36, com assistência de Felipe. O estádio Castelão registrou na noite de ontem (9), R$163.990,00, com 24.425 pagantes.

FORTALEZA – Marcelo Boeck, Tinga, Quintero, Paulão e Carlinhos; Felipe, Juninho, Edinho e Osvaldo (Marlon, 29 do segundo tempo); Romarinho (Mariano Vazquez, 10 do segundo tempo) e Wellington Paulista (André Luis, 41 do segundo tempo). Técnico – Rogerio Ceni. Com 28 pontos – 8 vitórias, 4 empates, 12 derrotas, 27 gols pró e 33 contra -, o campeão cearense é décimo terceiro e joga domingo (13) com o Vasco, em São Januário.

CHAPECOENSE – João Ricardo, Marcio Araújo, Douglas, Rafael Pereira e Roberto (Renato Kayzer, 41 do segundo tempo); Elicarlos, Gustavo Campanaro (Vini Locatelli, 25 do segundo tempo), Bruno Pacheco e Camilo; Regis (Artur Gomes, 19 do segundo tempo) e Everaldo. Técnico – Marquinhos Santos. Foi a décima quinta derrota da Chapecoense em 24 rodadas e o saldo negativo é de 20 gols, com 18 marcados e 38 sofridos. Domingo (13), a Chapecoense recebe o Cruzeiro, na Arena Condá, em Chapecó.

Foto: UOL Esporte