O Fortaleza saltou do décimo quinto para o décimo segundo ao vencer (2 x 0) o Goiás, na tarde deste primeiro domingo de setembro, no estádio Castelão. Foi a primeira vitória em três jogos do técnico carioca Zé Ricardo, que antes havia empatado (3 x 3) com o Santos, na Vila Belmiro, e perdido (1 x 0) em casa para o Internacional.

ANIVERSÁRIO – Jogadores e comissão técnica do Fortaleza dedicaram a vitória ao lateral gaúcho Tinga, que completou (hoje, 1) 26 anos, formado na base do Grêmio, e está no clube desde 2015 quando foi campeão cearense. Tinga fez o cruzamento para o zagueiro colombiano Juan Quintero marcar de cabeça o gol do primeiro tempo aos 25 minutos.

ENTROU E MARCOU – O meia Osvaldo, que substituiu o argentino Mariano Vazquez, no intervalo, marcou o segundo gol do Fortaleza aos 14 minutos, concluindo livre na pequena área o cruzamento rasteiro do atacante Felipe Pires. O campeão cearense fez a melhor apresentação no Castelão, desde que Zé Ricardo assumiu com a saída de Ceni.

FORTALEZA – Felipe Alves, Tinga, Juan Quintero, Jackson e Bruno Melo; Felipe, Gabriel Dias (Marlon) e Mariano Vazquez (Osvaldo); André Luis, Wellington Paulistsa e Felipe Pires (Edinho). Técnico – José Ricardo Mannarino. Com a sexta vitória – quarta em casa -, o Fortaleza soma 21 pontos e também está igual ao Goiás em vitórias (6), empates (3), derrotas (8), e ambos têm saldo negativo de gols, mas o do Fortaleza é menor: 3 a 11.

GOIÁS – Tadeu, Yago Rocha, Fabio Sanches, Rafael Vaz e Jeferson; Geovane (Gilberto), Yago Felipe e Marcelo Hermes; Marlone (Leandro Barcia), Michael e Kayke (Rafael Moura). Técnico – Ney Franco. O lateral Yago Rocha foi expulso aos 27 do segundo tempo, ao receber o segundo cartão amarelo por falta em Felipe Pires.

CINCO CARTÕES – O árbitro Felipe Lima, da Federação Mineira e do quadro da CBF, teve boa atuação. Acertou na expulsão de Yago Rocha, e mostrou mais um cartão amarelo para o apoiador Geovane, do Goiás, e para três do Fortaleza: Mariano VazquezMarlon e Juan Quintero

NAS DUAS últimas rodadas do turno, o Fortaleza voltará a jogar em casa com o Fluminense e depois com o Bahia, em Salvador. O Goiás receberá o Palmeiras e sairá para o jogo com o Grêmio.

Foto: O Povo Online