Depois de um empate e duas derrotas sem fazer gol, o Fortaleza voltou a vencer e deixou o Cruzeiro, que completou cinco jogos sem vitória no Brasileirão, mais perto dos quatro últimos da zona de rebaixamento, com os 2 x 1 da noite de ontem (12), no estádio Castelão. Os dois gols do campeão cearense, marcados por André Luis, foram de cabeçada, aos 2 e aos 46 minutos. Sassá marcou o gol do Cruzeiro aos 12, todos no primeiro tempo.

FORTALEZA – Felipe Alves, Gabriel Dias, Quintero, Natan e Carlinhos; Felipe, Juninho e Dodô; Romarinho (Derley), André Luis (Tinga) e Marcinho (Mateus Alessandro). Técnico – Rogerio Ceni. O campeão cearense terminou a nona rodada com 10 pontos – 3 vitórias, 1 empate, 5 derrotas – e ainda com saldo devedor de gols (8 x 13). Dos quatro jogos em casa, o Fortaleza ganhou dois por 2 x 1, do Atlético Paranaense e do Cruzeiro; empatou (1 x 1) com o Vasco e perdeu (1 x 0) para o São Paulo. Após a Copa América, o time terminará julho jogando em casa com Avaí e Corinthians, e em Belo Horizonte com o Atlético.

CRUZEIRO – Fábio, Lucas Romero, Dedé, Leo e Dodô (Marquinhos Gabriel); Henrique, Ariel Cabral (Jadson), Robinho e Tiago Neves; Pedro Rocha e Sassá (Raniel). Técnico – Mano Menezes. O Cruzeiro terminou a nona rodada com 8 pontos – 2 vitórias, 2 empates, 5 derrotas – e saldo negativo de sete gols (9 a 16). Fora de casa, o campeão mineiro sofreu quatro derrotas em cinco jogos: 1 x 3 Flamengo e Internacional; 1 x 4 Fluminense e 1 x 2 Fortaleza, e empatou (1 x 1) com o São Paulo. Após a Copa América, o Cruzeiro jogará em Belo Horizonte com o Botafogo.

EXPULSÃO – O Fortaleza jogou desde os 19 do segundo tempo com menos um, devido à expulsão do zagueiro Natan, após o segundo amarelo por falta dura. O árbitro Heber Roberto Lopes, da Federação Catarinense, advertiu seis do Cruzeiro com cartão amarelo: Dedé, Leo, Dodô, Ariel Cabral, Lucas Romero e Robinho, os dois últimos fora do próximo jogo com o Botafogo.

Foto: JL Rosa