O Fluminense terminou maio anunciando oficialmente ontem (31) a volta de Fred, que entre 2009 e 2016 marcou 172 gols em 288 jogos, foi duas vezes artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 20 gols em 2012 e 18 gols em 2014, ganhando os títulos de 2010 e 2012, ano em que também foi campeão carioca. Aos 37 anos, o atacante sairá de bicicleta, hoje (1), de Belo Horizonte e promete parar a cada km pedalado para entregar cestas básicas, durante a viagem de 443 km até o Rio.

SALÁRIO-MÍNIMO – Fred mostra-se feliz com a volta ao clube, que promete torná-lo embaixador quando encerrar a carreira, que iniciou em 2003 no América, de Belo Horizonte, com 45 gols em 51 jogos. O segundo time em que o atacante mais jogou foi o Lyon, da França, marcando 41 gols em 119 jogos, de 2005 a 2009. Nos últimos quatro anos jogou no Atlético e no Cruzeiro, campeão e artilheiro em ambos. Estava na seleção nos 7 x 1 da Alemanha, no Mineirão, na Copa de 2014. Fred ganhará salário-mínimo (R$1.045,00), enquanto a pandemia do coronavírus impedir que o futebol volte ao normal.

THIAGO SILVA – Fred disse que gostaria de contar com a volta do zagueiro Thiago Silva, de 35 anos, que ainda não acertou a renovação com o PSG. No time francês desde 2012, ele ganhou sete títulos consecutivos de campeão nacional e disputou 310 jogos, marcando 17 gols. Ao sair do Fluminense, que defendeu de 2006 a 2008, Thiago Silva fez 146 jogos, marcou 14 gols e só ganhou a Copa do Brasil de 2007. No Milan, antes do PSG, 119 jogos e o título italiano 2010-11, entre 2009 e 2012.

Foto: Daniel Perpétuo / FFC