NA SAÍDA DO INTERVALO, DEPOIS DE TER FEITO O GOL QUE SERIA O DA VITÓRIA DO FLUMINENSE por 1 x 0 sobre o Internacional, na noite de ontem (24), no Maracanã, Fred mostrou-se emocionado ao empatar com Pelé, com 101 gols, como um dos 10 principais artilheiros do Campeonato Brasileiro: “Estou alegre e feliz por ter feito o mesmo número de gols que o maior da história marcou. É uma grande honra passar de 100 gols e me igualar ao Pelé”. 

FRED MARCOU O GOL logo aos três minutos, convertendo de pé direito, com a categoria habitual, o pênalti que Bruno Mendez, bom zagueiro uruguaio de 22 anos, cometeu com o braço esquerdo. O Fluminense quer estender a dezembro o contrato que Fred assinou até julho de 2022, mês do aniversário de 120 anos do clube, fundado na 2ª feira, 21 de julho de 1902. O artilheiro completará 39 anos na primeira 2ª feira (3) de outubro de 2022.

BOA SUBIDA – Com a 14ª vitória, 11ª em 18 jogos em casa, 6ª por 1 x 0, 7ª sem sofrer gol, na 10ª vitória do técnico Marcão em 22 jogos, o time subiu do 8º para o 7º lugar, com 51 pontos em 35 jogos, a 1 ponto do Bragantino (6º) e do Fortaleza (5º com 52), e a 2 pontos do Corinthians (4º com 53). Com o 1 x 0 no Internacional, o Fluminense ficou zerado no saldo de gols (34 a 34). O outro sem saldo é o Fortaleza (4a a 41).

ATÉ O DIA 9 – Na vitória da noite de ontem (24) o Fluminense deu um animador até breve aos mais de 18 mil torcedores, maior número de tricolores, desde a liberação do estádio, pós-pandemia. O time será visitante nos dois próximos domingos (28 com o Atlético, no Mineirão, e 5 de dezembro com o Bahia, na Fonte Nova). Dia 9, no Maracanã, o reencontro sempre alegre e agradável com a torcida, no último jogo de 2021, com a Chapecoense. 

40 JOGOS SEM GOL – São Paulo e Athletico Paranaense não saíram do 0 x 0 na noite de ontem (24), no Morumbi. Foi o 40º jogo sem gol da Série A de 2021, 6º do São Paulo em 15 empates, 9º no Morumbi, e apenas o 2º do Athletico em 6 empates. 12º com 42 pontos, o Athletico só ganhou 5 dos 17 jogos fora de casa. 14º com 42 pontos, o São Paulo chegou ao 8º jogo sem gol em casa, e ao 15º empate, só menos 1 que Ceará e Cuiabá (16), os que mais empataram.

JULGAMENTO – Na Europa, é no dia seguinte; no Brasil, demora. Só na próxima 2ª (29), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva julgará a invasão de campo dos torcedores do Grêmio, que quebraram a cabine do VAR, após a virada (3 x 1) do Palmeiras, no domingo, 31 de outubro. O Grêmio pode perder até 10 mandos de campo em 2022 e pagar multa de R$100 a R$100 mil. Nos três jogos sem público, o Grêmio ganhou 2 e empatou 1. Não haverá surpresa se a Arena Grêmio for liberada para os jogos restantes. O STJD gosta de conceder efeito suspensivo.

Foto: Netflu