Com uma campanha irretocável como mandante, o Atlético Paranaense manteve a liderança do Grupo C da Copa Libertadores, ao ganhar (1 x 0) do Tolima, da cidade colombiana de Ibagué, na noite desta terça (9), na Arena da Baixada, em Curitiba. O gol, aos 34 do segundo tempo, foi do meia carioca Bruno Guimarães, de 21 anos, revelado no Audax do Rio, com chute forte de fora da área, sem chance para o goleiro colombiano Alvaro Montero, de 24 anos, 1,86m.

TERCEIRA CONSECUTIVA – Foi a terceira vitória consecutiva do time comandado pelo técnico Tiago Nunes, gaúcho de 39 anos, sem que o Atlético tenha sofrido gol nos três jogos em Curitiba: 4 x 0 no Jorge Wilstermann, 3 x 0 no Boca Juniors e 1 x 0 no Tolima. O goleiro Santos, paraibano de 29 anos, 1,88m, que completou 120 jogos no Furacão, foi o único advertido com cartão amarelo pelo árbitro venezuelano Jesus Valenzuela, por demorar a repor a bola em jogo, aos 36 do segundo tempo.

CINCO PONTOS – O Atlético Paranaense abriu cinco pontos de vantagem (9 a 4) sobre o Boca Juniors, que joga nesta quarta (10), no estádio de La Bombonera, em Buenos Aires, com o Jorge Wilstermann, último colocado do Grupo C, com 2 pontos. Foi a vigésima sexta vitória do Furacão na Libertadores, em que sua média de pagantes, em Curitiba, é superior a 24 mil por jogo. No 1 x 0 desta noite sobre o Tolima, 19.994 pagantes – R$411.335,00.

OS 100% EM CASA – Santos, Jonathan, Tiago Heleno, Leo Pereira e Renan Lodi; Camacho, Lucho Gonzalez (Tomás Andrade) e Bruno Guimarães; Marco Ruben (Paulo André) e Rony. O time que ganhou todas e ainda não sofreu gol na Arena da Baixada, será visitante no próximo jogo da Libertadores, dia 24, em Cochabamba, terceira maior cidade da Bolívia, com o Jorge Wilstermann.

Foto: site oficial Atlético Paranaense