NA ESTREIA DO TÉCNICO FABIO CARILLE, ex-Corinthians e Santos, o Athletico Paranaense fez muito mais em um jogo do que com o recém-demitido Alberto Valentim, em 28 jogos, e venceu o The Strongest, da Bolívia, por 1 x 0, na noite desta 5ª feira (14), na Arena da Baixada, em Curitiba.

FOI A PRIMEIRA VITÓRIA DO FURACÃO na Libertadores 2022, após empatar na estreia em 2 x 2 com o Caracas, na Venezuela. O gol foi do meia-atacante uruguaio David Terans, de 27 anos, convertendo pênalti do zagueiro Demiquel em Vitinho. O atacante Pablo, de volta ao clube, foi mal e perdeu gol incrível na pequena área.

THE STRONGEST, que significa o mais forte, em inglês – sofreu a 16ª derrota em 17 jogos como visitante na Libertadores, e é considerado autêntico saco de pancada. A única vitória que conseguiu foi em 17 de fevereiro de 2016 sobre o São Paulo por 1 x 0, no Morumbi, uma das grandes zebras do maior torneio de clubes do continente.

FOI O 3º JOGO ENTRE OS TIMES, com a 2ª vitória do Athletico, a 1ª por 1 x 0, em 2014, também na Arena da Baixada. Na única vitória do The Strongest, que eliminou o Athletico por 2 x 1, em abril de 2014, em La Paz, o gol foi de Adriano, dito Imperador, o único que marcou em quatro jogos com atuações decepcionantes.

ATHLETICO E LIBERTAD, do Paraguai, dividem a liderança do Grupo B com 4 pontos e serão adversários na 3ª rodada, dia 26, em Assunção. O time da vitória na estreia de Fabio Carille: Bento, Orejuela, Pedro Henrique, Mateus Felipe e Abner; Hugo Moura (Pablo Silva), Bryan, Cuello (Vitinho) e Canobbio (Marlos); David Terans (Pedro Rocha) e Pablo (Marcelo Cirino). R$308.320,00. 19.827 pagantes.

Foto: Leia Notícias