Corinthians e Atlético Paranaense fizeram bom jogo na noite de ontem (10) e o empate justo em 2 x 2 não alterou a posição do tricampeão paulista e do campeão paranaense. Os quatro gols  foram marcados no primeiro tempo, diante do segundo menor público do ano na Arena Corinthians. R$910.020,10, com 22.736 pagantes.

16 MINUTOS – Nesse tempo, o zagueiro Gil, de cabeça, aproveitou bem o escanteio de Clayson para fazer 1 x 0 aos 16 minutos. Na reação, o Furacão virou em oito minutos, com dois gols por baixo do goleiro Cássio, o de Leo Cittadini, aos 24, e o de Erick, aos 32. Nos acréscimos, o argentino Boselli fez o do empate final (2 x 2) aos 47 minutos. 

CORINTHIANS – Cassio, Fagner, Manoel, Gil e Avelar; Ralf, Ramiro (Renê Júnior, 17 do segundo tempo) e Mateus Vital; Clayson (Regis, 38 do segundo tempo), Vagner Love e Boselli (Gustavo, 33 do segundo tempo). Técnico – Fabio Carille. Quarto com 43 pontos, o Corinthians empatou pela décima vez e faz o clássico com o São Paulo, domingo (13), no Morumbi

ATLÉTICO – Leo, Madson, Tiago Heleno, Leo Pereira e Marcio Azevedo; Wellington, Erick (Lucho Gonzalez, 36 do segundo tempo) e Leo Cittadini; Marcelo Cirino, Thonny Anderson (Braian Romero, 42 do segundo tempo) e Rony (Vitinho, 28 do segundo tempo). Técnico – Tiago Nunes. Nono com 35 pontos, o Furacão recebe o líder Flamengo, domingo (13), na Arena da Baixada, em Curitiba.

TRÊS CARTÕES – Boa atuação do árbitro André Luiz Castro, da Federação Goiana e do quadro nacional da CBF. O único advertido do Atlético Paranaense com cartão amarelo foi Rony, enquanto os laterais Fagner e Avelar, do Corinthians, foram punidos, todos por faltas duras.

Foto: Esporte UOL