Sem Luis Suárez, operado pela segunda vez do joelho em menos de um ano, o Barcelona analisa nomes para a vaga do atacante, que só deverá voltar em maio. O primeiro cogitado, já com o aval do novo técnico Quique Setién, que será apresentado hoje (14), é o de outro uruguaio, Cristhian Stuani, de 33 anos, 1,86m, destro, que joga na Espanha desde 2009. Ele renovou com o Girona, que defende desde 2017, até 2022.

O PRIMEIRO – Oficialmente, o primeiro da lista dos que interessam ao Barcelona para a vaga de Suárez, é Lautaro Martinez, argentino de 22 anos, 1,74m, destro, comprado do Racing pela Inter de Milão em 2018. Ele já marcou 24 gols em 59 jogos e tem contrato até 2023. O Barcelona considera elevada a multa rescisória de 110 milhões de euros.

OUTRO ARGENTINO – O terceiro nome da lista do Barcelona é o de outro argentino, Chimy Ávila, de 25 anos, 1,72m, ambidestro, nascido em Rosário – terra de Messi -, que desde 2019 é do modesto Osasuna, apenas décimo segundo entre os vinte do Campeonato Espanhol. A multa rescisória está estipulada em 25 milhões de euros.

MEXICANO – O penúltimo nome na cotação do Barcelona é o do mexicano Carlos Vela, atacante canhoto de 30 anos, 1,77m, artilheiro da Liga dos Estados Unidos em 2019, com 34 gols pelo Los Angeles. Os valores não foram anunciados, mas é um jogador experiente e com nacionalidade espanhola porque jogou no Salamanca, Osasuna e Real Sociedad.

GABIGOL – A cotação do artilheiro do Brasileirão e da Libertadores 2019 é a mais baixa e o Barcelona só teria interesse em Gabigol, que é da Inter de Milão, em troca do volante chileno Arturo Vidal, que esteve nos planos da atual vice-lider do Campeonato Italiano. O percentual de Gabigol é de 4,18%; o de Lautaro, de 41%, e o de Stuani, de 17%.

IMPRESSIONANTE o desinteresse dos clubes da Europa pelo principal artilheiro de duas das maiores competições sul-americanas:Gabriel marcou em 43 gols em 59 jogos na temporada 2019 (25 no Campeonato Brasileiro e 9 na Libertadores), que o Flamengo ganhou com brilho. Ele já havia sido artilheiro do Brasileirão 2018, com 18 gols pelo Santos. E agora, nem mesmo a Inter de Milão o quer de volta.

Foto: Flamengorj