O confronto dos rubro-negros na abertura do mata-mata das oitavas de final da Copa do Brasil – Atlético Paranaense x Flamengo, amanhã (10), às 21h30m, na Arena da Baixada, em Curitiba – será apitado por Anderson Luis Daronco, da Federação Gaúcha, assim como seus assistentes Rafael Alves e Lierson Martins. Jean Pierre Lima atuará na supervisão do árbitro de video. A previsão é de noite muito fria, com a temperatura podendo cair aos oito graus.

COPA AMÉRICA – Anderson Luis Daronco foi um dos três árbitros brasileiros na Copa América 2019 – os outros foram Raphael Claus, da Federação Paulista, e Wilton Sampaio, da Federação Goiana -, e o primeiro a atuar, dirigindo no Mineirão Uruguai 4 x 0 Equador, que terminou com dez pela expulsão do lateral-direito José Quintero, após uma cotovelada no meia Lodeiro. Daronco teve atuação tão segura que ganhou nota nove dos observadores da comissão de arbitragem da Conmebol.

PROFESSOR – Nascido em 5 de janeiro de 81 em Santa Maria da Boca do Monte, região central do estado do Rio Grande do Sul, a 290 km da capital Porto Alegre, Anderson Luis Daroncotem 38 anos, 1,88m e é professor de Educação Física. Faz parte do quadro de árbitros da Fifa desde 2014 e no ano seguinte foi eleito melhor árbitro do Campeonato Brasileiro. Destaca-se pelo rigor na disciplina e por acompanhar os lances sempre de perto, além de aplicar bem a lei da vantagem.

SEM CAMISA – Os 42.370 lugares da Arena da Baixada estarão ocupados amanhã (10) à noite, com os ingressos a R$150,00 (inteira) e R$75,00 (meia). O Atlético decidiu que torcedores do Flamengo não poderão entrar com a camisa do clube, o que revoltou os torcedores do rubro-negro carioca residentes em Curitiba. Depois de vender o lateral-esquerdo Renan Lodi por R$90 milhões para o Atlético de Madrid, o campeão paranaense está interessado em Abner, revelação da Ponte Preta. O primeiro jogo sem Lodi será com Marcio Azevedo na lateral-esquerda.

ALTO E DESTRO – Para seu jogo de estreia, o técnico português Jorge Jesus ainda não anunciou a escalação. Depois de várias observações, ele quer que o Flamengo contrate um atacante de boa estatura e que seja destro. O treinador não tem gostado dos desempenhos nos treinos de Gabriel Barbosa, que é canhoto e de baixa estatura.