O NAPOLI SOFREU A 3ª DERROTA NOS ÚLTIMOS QUATRO JOGOS, com o gol contra do zagueiro Juan José, mineiro de 30 anos, único brasileiro do time, na Europa há 10 anos, revelado no Internacional, campeão da Libertadores 2010, e medalha de prata nos Jogos 2012 de Londres. A derrota de ontem (22) por 1 x 0 para o modesto Spezia, 17º entre os 20, no estádio Diego Maradona, fez o Napoli cair para 3º com 39 pontos, a 4 do vice-líder Milan, e a 7 da Inter de Milão.

COM A 7ª VITÓRIA CONSECUTIVA, a Inter, atual campeã, do técnico Simone Inzaghi, manteve a liderança com 46 pontos e 14 vitórias, com 1 x 0, gol do lateral holandês Denzel Dumfries, sobre o Torino, 11º com 25 pontos, que sofreu a 8ª derrota, no estádio Giuseppe Meazza. O vice-líder Milan, com 42 pontos, chegou à 13ª vitória, ao impor fora de casa a 8ª derrota ao Empoli, 9º com 27 pontos, por 4 x 2. O meia marfinense Frank Kessié foi o destaque com dois gols.

O ARTILHEIRO DO CAMPEONATO ITALIANO 2021-2022 é o atacante sérvio Dusan Vlahovic, de 21 anos, da Fiorentina, 7º, com 16 gols em 19 rodadas, comprado do Partizan de Belgrado em 2018. Ciro Immobile, romano da Lazio, 8º, é o vice com 13, e em terceiro, Giovanni Simeone, de 26 anos, do Verona, emprestado pelo Cagliari, 19º, com 12 gols, filho do técnico argentino Diego Simeone, do Atlético de Madrid. O Campeonato Italiano só recomeça dia 6 de janeiro.

O REAL MADRID MANTEVE A LIDERANÇA em 21 rodadas de La Liga, ao vencer o Athletico de Bilbao por 2 x 1, na noite de ontem (22), no estádio San Mamés. Os três gols foram marcados em seis minutos: o artilheiro Benzema, c om 15, fez 1 x 0 aos 3, com assistência do alemão Kroos, e ampliou aos 6, com assistência do uruguaio Valverde. O meia Oihan Sancet, de 21 anos, marcou de fora da área, aos 9, o gol do Bilbao, que não admite estrangeiro na equipe.

FOI A 14ª VITÓRIA DO RECORDISTA ESPANHOL DE TÍTULOS, com outra boa atuação do zagueiro Militão e do meia croata Luka Modric. O meia paulista Casemiro cumpriu suspensão pelo 5º cartão amarelo, e Vinícius Junior, com atuação discreta, foi advertido com cartão amarelo por discutir com o meia Unai Vencedor, e substituído aos 38 do 2º tempo pelo espanhol Mariano Diaz. Com 46 pontos, o Real Madrid tem 8 a mais que o Sevilha, com menos um jogo.

PIOR EM 11 ANOS – Ao sofrer a 4ª derrota consecutiva, o técnico argentino Diego Simeone, de 51 anos, chegou ao pior início de temporada, em 11 anos no Atlético de Madrid. O atual campeão espanhol fez 1 x 0 logo aos 2 minutos, com o gol do meia português João Felix, em grande arrancada, mas levou a virada (2 x 1) do Granada, 12º, no estádio Nuevo Los Cármenes, com os gols do ponta venezuelano Darwin Machís e do centroavante espanhol Jorge Molina. O Atlético de Madrid, com 29 pontos, é 5º, a 16 pontos do líder Real Madrid com 46.

CARTÃO VERMELHO – Recordista de cartões vermelhos em 16 temporadas no Real Madrid, o zagueiro Sergio Ramos foi expulso pela primeira vez, em três jogos no PSG, no 1 x 1 com o penúltimo Lorient, na noite fria de ontem (22), no Sul da Bretanha, a 440 km de Paris. Foi a 27ª expulsão de sua carreira. O meia francês Monconduit fez o gol do Lorient, que não ganha há três meses, e o argentino Mauro Icardi livrou o PSG da derrota no último minuto dos cinco de acréscimos.

O JORNAL LE PARISIEN, em sua edição online, faz duras críticas ao zagueiro sevilhano Sergio Ramos: “Um grande pesadelo do PSG”, depois de tanto tempo se recuperando de contusão. Foi o terceiro jogo, primeiro de que participou desde o início, e não conseguiu completar, devido à expulsão aos 36 do 2º tempo, por uma falta dura, punida com vermelho direto pelo árbitro Jeremie Pignard, no estádio Moustoir. O PSG tem 46 pontos; o Nice, vice-líder, 33.

DOIS CLÁSSICOS – As semifinais da Copa da Liga Inglesa foram sorteadas ontem (22) e terão dois clássicos: o da capital, Chelsea x Tottenham, dia 4 de janeiro, e Liverpool x Arsenal, no dia seguinte. Manchester City e Liverpool são os maiores vencedores com oito títulos. Disputadas em jogo único desde 1967, as semifinais voltarão a ser em jogos de ida e volta.

ABUSO SEXUAL – O lateral-esquerdo francês Benjamin Mendy, de 27 anos, do Manchester City, preso desde agosto, será julgado dia 24 de janeiro por crimes de violação e abuso sexual. Ele acaba de receber mais uma acusação por estupro, elevando para sete o número de seus processos entre outubro de 2020 e agosto de 2021. Mendy foi campeão do mundo em 2018.

Foto: O TEMPO