O atacante Luciano, do Grêmio, ganhará um carro do técnico Renato Portaluppi pelo gol de bicicleta que marcou logo aos dois minutos deste domingo (10), na vitória (1 x 0) sobre a Chapecoense, na Arena Condá. A décima sexta vitória manteve o campeão gaúcho em quarto lugar, quatro pontos acima do São Paulo (56 a 52).

GOL E ABRAÇO – Com seu estilo irreverente de sempre, o técnico não parava de brincar com o atacante: “Se fizer um gol de bicicleta vai ganhar um carro”Luciano, 26 anos, 1,78m, goiano de Anapólis, correu na direção de Renato para abraçá-lo após o gol, que marcou com belo lançamento do zagueiro David Braz. O técnico sorriu: “É carro popular”

EX-FLUMINENSE – Luciano foi revelado no Anapolina e saiu para o Corinthians, que o emprestou ao Olympiacos, da Grécia, e depois ao Leganés, da Espanha. Entre 2018 e 2019, o atacante foi emprestado ao Fluminense e marcou 20 gols em 55 jogos. O Grêmio comprou do Leganés 50% dos direitos de Luciano.

GRÊMIO – Paulo Victor, Rafael Galhardo, David Braz, Kannemann e Juninho Capixaba; Darlan (Paulo Miranda), Mateus Henrique e Tardelli (Pepê); Alisson, Luciano (Patrick) e Everton. O próximo jogo é com o Flamengo, domingo (17), na Arena Grêmio. Renato e o time estão ansiosos, após a eliminação nas semifinais da Libertadores.

PRIMEIRA VEZ – A décima oitava derrota da Chapecoense, em penúltimo com 22 pontos, decretou a queda, pela primeira vez, depois de cinco anos. Desde 2014 na elite do futebol brasileiro, a equipe do oeste catarinense jamais havia sido rebaixada. O árbitro Marcelo de Lima Henrique, da Federação do Rio de Janeiro, teve boa atuação. R$839.850,00. 13.335 pagantes na Arena Condá.