O Vasco voltou a fazer gol depois de três derrotas consecutivas por 2 x 0, e até ganhou (2 x 1) do Santos, na noite desta quarta (24), em São Januário, mas foi eliminado por um gol do lateral-esquerdo Jorge, revelado no Flamengo e emprestado pelo Mônaco, da França. Foi o primeiro gol que Jorge, carioca de 22 anos, marcou pelo Santos, que se classificou para a próxima fase da Copa do Brasil por ter ganho (2 x 0) o jogo de ida na Vila Belmiro.

RENDIMENTO CAIU – O Vasco levou o susto da bola na trave do meia Jean Mota, logo aos oito minutos, e ficou sem o zagueiro Castan aos 10 e o goleiro Fernando Miguel aos 24, que saíram contundidos. O time demonstrou visível queda de rendimento fisico na volta do intervalo, depois da vantagem com o gol do meia Raul, aos 12, com assistência do atacante argentino Maxi Lopez, que aproveitou o erro do zagueiro Aguilar na saída de bola, e do segundo, que o zagueiro Ricardo marcou de cabeça aos 38, após escanteio. O Santos vinha de três vitórias sem sofrer gol.

No segundo tempo, o Santos se reencontrou e começou mais adiantado porque poderia perder por um gol que estaria com a classificação garantida. A entrada do meia venezuelano Soteldo, que substituiu Alison no intervalo, foi boa, tornando o time mais ofensivo. O lateral Jorge aproveitou o rebote da defesa e pegou de primeira, de fora da área, para fazer o gol. Na base do desespero, o Vasco quis reagir, mas não teve pernas. Maxi Lopez mandou por cima a chance final do empate, nos acréscimos.

TÉCNICO EXPULSO – O técnico argentino Jorge Sampaoli mostrou-se tenso, principalmente no segundo tempo, quando aumentou o tom das reclamações. O árbitro Rafael Traci, de 37 anos, da Federação Paranaense, foi tolerante o quanto pôde, até expulsá-lo aos 35 minutos. Sampaoli ainda saiu ofendendo o quarto árbitro, e dependendo do relato na súmula, ele pode ser punido com suspensão. O árbitro também foi cercado por jogadores do Vasco após os seis minutos (bem dados) de acréscimos. R$181.098,00. 8.556 pagantes.

VASCO – Fernando Miguel (Alexander, 25 do primeiro tempo), Caceres, Werley, Castan (Ricardo, 11 do primeiro tempo) e Danilo; Lucas, Raul (Yan Sasse, 39 do segundo tempo) e Lucas Santos; Pikachu, Maxi Lopez e Marrony. Marcos Valadares, do sub-20, será mantido, até que o clube contrate outro técnico. O Vasco informa que está negociando com Jorge Jesus, de 64 anos, com passagem por 13 times de Portugal desde 1989 – três vezes campeão no Benfica -, e que saiu do Sporting para o Al-Hilal, campeão da Arábia Saudita em 2018.

VASCO e SANTOS serão visitantes na abertura do Campeonato Brasileiro de 2019 a ser iniciado no próximo fim de semana. O Vasco jogará com o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, em Curitiba, e o Santos com o Grêmio, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. Na segunda rodada, o Vasco receberá o Atlético Mineiro, em São Januário, e depois sairá para o jogo com o Corinthians, na Arena da Amazônia, em Manaus.

Foto: Folha de Londrina