Escolha uma Página

NO ÚLTIMO AMISTOSO de preparação para a Copa América, a Argentina goleou de virada a Guatemala por 4 x 1, na noite de ontem (14), no FedEx Field, em Landover, no estado de Maryland, com a lotação completa de 82 mil torcedores.

DEPOIS DO SUSTO do gol contra do lateral Lisandro Martinez, logo aos 4 minutos, a seleção do técnico Lionel Scaloni, ex-lateral-direito de 46 anos, a seleção argentina virou ainda no 1º tempo, com Messi, aos 12, e Lautaro Martinez, de pênalti, aos 39.

NA VOLTA DO INTERVALO, a Argentina aumentou o ritmo e chegou à goleada com Lautaro Martinez, aos 22 minutos, com assistência de Messi, que fechou o placar aos 33, encobrindo o goleiro Nicholas Hagen, de 27 anos, 1,94m, que joga no Columbus, da Liga dos Estados Unidos.

ATUAL CAMPEÃ MUNDIAL e da Copa América, a Argentina faz o jogo isolado de abertura na próxima 5ª feira (20) com o Canadá, estreante na Copa América e que dividirá com os Estados Unidos e o México a organização da Copa de 2026, a primeira com 48 seleções.

A ARGENTINA imprimiu um ritmo muito forte e dominou amplamente a Guatemala, sem que o goleiro Emiliano “Dibu” Martinez tenha feito sequer uma única defesa no amistoso.

NO ÚLTIMO AMISTOSO da noite de ontem (14), a seleção do Peru, do Grupo A da Copa América com Argentina, Canadá e Chile, venceu a seleção de El Salvador por 1 x 0, no Subaru Park, na cidade de Chester, no estado da Pensilvânia.

O GOL ÚNICO da vitória peruana foi do atacante Edison Flores, de 30 anos, do Universitário de Lima, emprestado pelo Club Atlas de Guadalajara, México. A seleção do Peru é dirigida pelo uruguaio Jorge Fossati, ex-goleiro de 71 anos.

Foto: Divulgação / AFP