DEZESSETE ANOS DEPOIS, o volante Fernandinho, de 37 anos, voltou ao Athletico Paranaense, que defendeu de 2001 a 2005 em 142 jogos, com 14 gols, e fez o cruzamento para Leo Cittadini fechar a goleada de 4 x 1 da noite de ontem (20), no Atlético Goianiense, na Arena da Baixada, em Curitiba. Fernandinho jogou de 2005 a 2013 no Shakhtar da Ucrânia, e de 2013 a 2021 no Manchester City.

O ATHLETICO PARANAENSE teve início arrasador, com dois gols em quatro minutos. O primeiro foi do meia argentino Thomás Cuello, de 22 anos, com excelente assistência do lateral uruguaio Agustin Canobbio, de 23 anos, que marcou o segundo gol aos 13. Logo aos 4 do 2º tempo, o meia uruguaio David Terans fez o 3º gol de fora da área, encobrindo o goleiro. Também de fora da área, aos 26, Kelvin fez o gol dos goianos.

O TÉCNICO LUIS FELIPE SCOLARI, de 73 anos, o mais velho do atual Campeonato Brasileiro, voltou a destacar a aplicação do time, que conseguiu a nona vitória e soma 31 pontos em 4º lugar, embora possa ser ultrapassado na noite de hoje (21), se o Atlético Mineiro, 5º com 31, pelo menos empatar com o Cuiabá, 16º com 19, na Arena Pantanal.

O ATHLETICO PARANAENSE terminará o turno, sábado (23), na visita ao Botafogo no estádio Nilton Santos. O Furacão realiza campanha equilibrada, com 9 vitórias, 4 empates, 5 derrotas, saldo de 6 gols, com 24 marcados e 18 sofridos.

Foto: Gabriel Machado/AGIF