Escolha uma Página

O FLAMENGO ASSUMIU a vice-liderança e garantiu a classificação às oitavas de final, em sua vigésima participação na Libertadores,, oitava consecutiva, ao tirar a invencibilidade do Bolívar, com a goleada por 4 x 0, na noite de ontem (15), no Maracanã, com o novo recorde de pagantes da Libertadores de 2024: 59.424.

O FLAMENGO tem 7 pontos, 2 vitórias, 1 empate, 2 derrotas, e depois de saldo zerado em quatro jogos, passou a ter saldo positivo de 4 gols (8 a 4). O Bolívar perdeu a invencibilidade, após três vitórias e um empate, com saldo de 2 gols (10 a 8), mas será 1º do Grupo E, se vencer o Palestino, na Bolívia, na última rodada.

O FLAMENGO só será 1º do Grupo E, se vencer o lanterna Millonarios, no Maracanã, missão que se antecipa fácil, e o Bolívar perder em La Paz para o Palestino, que não ganhou fora de casa, missão que parece bem mais difícil. Os dois jogos serão na noite da última 3ª feira (28) de maio.

O FLAMENGO iniciou a goleada no primeiro minuto, com Gerson marcando o gol mais rápido do time na temporada de 2024, após assistência de Cebolinha. O chute do meia Patita na trave esquerda, com a bola voltando às mãos do goleiro Rossi, aos 13 minutos, foi a única jogada de perigo do Bolívar.

O FLAMENGO fechou o 1º tempo com 3 x 0 em cinco minutos, com Ayrton Lucas aos 38, aproveitando a rebatida errada do zagueiro Ordoñez, e Cebolinha aos 43, com assistência de Pedro. O árbitro uruguaio Andrés Matonte e o VAR não viram falta de De La Cruz no zagueiro Orihuela na origem do lance.

O FLAMENGO tornou o jogo ainda mais fácil com o 4º gol que Pedro marcou aos 10 minutos do 2º tempo, entre a trave direita e o goleiro Carlos Lampe, após assistência de Gerson. Quase no final do 1º tempo, Pedro havia deixado de fazer o 3º gol, aos 41, ao chutar por cima da trave, sem goleiro.

FLAMENGO 4 x 0 BOLÍVAR registrou R$1.914.043,00. 59.424 pagantes, mais 4.002 que os 55.412 pagantes de Flamengo 2 x 0 Palestino, de 10 de abril, estabelecendo assim o recorde de pagantes de 2024 dos clubes brasileiros na Libertadores. Com a derrota do Bolívar, só dois brasileiros seguem invictos: Fluminense e Palmeiras.

FLAMENGO – Rossi, Varela, Fabricio Bruno, Leo Pereira (David Luiz) e Ayrton Lucas; Alan, Gerson (c), De La Cruz (Igor Jesus) e Arrascaeta (Lorran); Pedro (Gabriel, único advertido com cartão amarelo) e Cebolinha (Luis Araújo). O time volta ao Maracanã dia 28 para o jogo com o Millonarios pela rodada final da fase de grupos.

Fotos: Gilvan de Souza, Marcelo Cortes/CRF e Alexandre Cassiano/Agência O Globo