COM A FACILIDADE ESPERADA, o Brasil goleou o Paraguai por 4 x 0 na noite de ontem (1), no Mineirão, mantendo a liderança invicta com a 12ª vitória em 15 jogos nas eliminatórias e saldo de 27 gols (32 a 5). Raphinha fez 1 x 0 aos 29 minutos, após lançamento de Marquinhos, que aos 17 do 2º tempo deu outra boa assistência para Philippe Coutinho fazer 2 x 0 de fora da área. Antony marcou o 3º aos 41, e Rodrygo fechou a goleada aos 43 minutos.

O BRASIL MANTÉM A VANTAGEM de quatro pontos (39 a 35) sobre a Argentina e concluirá a participação nas eliminatórias em março, dia 24 com o Chile, em estádio brasileiro, e dia 29 com a Bolívia, na altitude de 3.640 metros da capital La Paz. A seleção venceu pela 22ª vez sob a orientação do técnico Tite, com a maior série invicta de 32 jogos nas eliminatórias, em que o Brasil venceu sete e empatou dois jogos.

A SELEÇÃO GOLEOU COM EDERSON, Daniel Alves, Marquinhos, Tiago Silva e Alex Telles; Fabinho, Paquetá (Rodrygo) e Philippe Coutinho (Bruno Guimarães); Raphinha (Everton Ribeiro), Mateus Cunha (Gabriel Jesus) e Vinícius Junior (Antony). Facundo Tello, da Argentina, teve boa arbitragem. Anulou bem o gol de Raphinha, por toque, no primeiro minuto, e só advertiu quatro da seleção paraguaia, todos por faltas duras.

ENQUANTO O BRASIL É O ÚNICO em todas as Copas, o Paraguai participou oito vezes, a última em 2010, na África do Sul, quando ficou em 8º, sua melhor classificação, superando o 9º lugar das Copas de 1930 e 1958. O técnico Tite já pediu à CBF que acerte amistosos com seleções da Europa, antes da Copa. Entre os adversários preferidos estão as finalistas da última Eurocopa de seleções, a campeã Itália e a vice-campeã Inglaterra, que perdeu nos pênaltis.

Foto: CBF