DEPOIS DA 10ª VITÓRIA CONSECUTIVA DO SPORTING na visita de sábado (18) a Barcelos, com 3 x 0 no Gil Vicente, o Porto retomou a liderança da Primeira Liga neste domingo (19), ao golear o Vizela por 4 x 0, no estádio da cidade de Vizela, distrito de Braga. O colombiano Luis Diaz, vice-artilheiro do campeonato com 12, marcou o 1º gol e retribuiu a assistência do brasileiro Otávio, que fez o 2º.

NA VOLTA DO INTERVALO, o lateral nigeriano Zaidu Sanusi fez o 3º gol e a goleada foi completada pelo meia português Fabio Samuel, tratado pelo apelido de Samu, com gol contra, pouco antes de o Vizela ficar com 10 pela expulsão do atacante brasileiro Guilherme Schettine, emprestado pelo Sporting de Braga, que recebeu o vermelho direto do árbitro Helder Malheiro. O Vizela é 13º com 13 pontos, sofreu a 5ª derrota e tem saldo negativo de 11 gols.

SEM O TÉCNICO SERGIO CONCEIÇÃO, suspenso, o Porto foi dirigido pelo assistente Antonio Frasco, mantendo o time na liderança com 41 pontos, igual ao Sporting, ambos invictos com 13 vitórias e 2 empates, mas em vantagem no saldo de gols (30 a 22). O Porto marcou 38 e sofreu 8, e o Sporting fez 27 e sofreu 5 gols. 

BENFICA PINTOU O 7 – No estádio da Luz, o Benfica manteve o terceiro lugar com 37 pontos – 12 vitórias, 1 empate, 2 derrotas -, ao golear o Marítimo, da Ilha da Madeira, 10º com 14 pontos, por 7 x 1, depois de 3 x 0 no primeiro tempo, com dois gols do uruguaio Darwin Nuñez, artilheiro do campeonato com 13, e um belo gol do lateral carioca Gilberto, ex-Fluminense, que tem melhorado jogo a jogo, com elogios dos analistas de O Jogo, Record e A Bola.

O BENFICA VOLTOU com a mesma disposição para o segundo tempo e ampliou com os gols de Rafa Silva, encobrindo o goleiro, e do ucraniano Roman Yaremchuk. O atacante iraniano Ali Alipour fez o gol do Marítimo, e a goleada de 7 x 1 do Benfica foi completada por Gonçalo Ramos, com assistência do suíço Seferovic, que fez o sétimo. O time foi dirigido pelo assistente técnico João de Deus, de vez que Jorge Jesus cumpre suspensão por ofensas ao árbitro Arthur Soares Dias.

PORTO x BENFICA – O clássico mais tradicional do país será disputado duas vezes em uma semana. Na próxima 5ª (23), Porto e Benfica se enfrentarão pelas oitavas de final da Taça de Portugal, e na 5ª seguinte (30), de novo no estádio do Dragão, no Porto, pela 16ª rodada da Primeira Liga. Os dois resultados podem mudar a situação do técnico Jorge Jesus, nada confortável no Benfica.

Foto: EFE