Com o gol da virada por 2 x 1 sobre o West Bromwich, no jogo 268 de sua carreira, Alisson tornou-se ontem (16), no estádio Hawthorns, o primeiro goleiro da história de 128 anos do Liverpool a marcar gol, em qualquer competição, e o primeiro, dos seis goleiros artilheiros da Premier League, a fazer gol de cabeça. Nos acréscimos, aos 50 minutos do segundo tempo, Alisson aproveitou o escanteio do lateral Alexander-Arnold e cabeceou forte, sem chance para o goleiro inglês Sam Johnstone.

DEDICADO AO PAI – Alisson disse que o gol foi dedicado à memória do pai, José Agostinho Becker, que morreu em fevereiro, aos 57 anos, em barragem de Lavras do Sul, propriedade da família, a 320 km de Porto Alegre: “Sou goleiro por influência dele, que foi goleiro amador, como também foi meu avô. Foi minha primeira lembrança logo após fazer o gol”. Nascido em Novo Hamburgo, capital gaúcha do calçado, Alisson tem 28 anos, 1,91m. Formou-se na escolinha do Internacional desde os oito anos.

O MAIS CARO – Tetracampeão gaúcho em 2013-14-15-16, Alisson foi vendido em 2016 à Roma por 7.500 mil euros (R$32.500 mil), e em 2018 tornou-se o goleiro mais caro do mundo, comprado pelo Liverpool por 72.500 mil euros, superando os 54 milhões de euros da venda de Buffon, do Parma à Juventus, em 2001. O recorde caiu duas semanas depois, quando o Chelsea comprou o goleiro espanhol Kepa por 80 milhões de euros do Athletico Bilbao.

MULTIPREMIADO – Alisson foi o goleiro multipremiado em sua primeira temporada no Liverpool, campeão inglês em 2018-19: Luva de Ouro da Premier League; melhor do mundo, prêmio FIFA; troféu Yashin, da revista France Football, criadora da Bola de Ouro; melhor goleiro da Copa América, Brasil campeão, e o Samba de Ouro, prêmio ao melhor brasileiro na temporada europeia. Os 268 jogos de Alisson: 101 no Internacional; 64 na Roma, e 103 no Liverpool, completados ontem (16).

RECORDE DE 17 GOLS – Alisson estreou no Liverpool, domingo, 12 de agosto de 2018, na goleada de 4 x 0 no londrino West Ham, e ficou 17 jogos consecutivos sem sofrer gol, recorde de um estreante na Premier League desde o espanhol Pepe Reina, especialista em defender pênaltis, que foi do Liverpool entre 2005 e 2014. Camisa 13 na primeira temporada, só passou a usar a 1 em 2019-20, com a inicial e o sobrenome: A.Becker. Alisson é irmão mais novo de Muriel (34), goleiro do Fluminense.

PELÉ DOS GOLEIROS – Quando o treinou na Roma, Roberto Negrisolo, da Roma, disse que “Alisson é o Pelé dos goleiros” e a frase foi compartilhada por Taffarel, treinador de goleiros da seleção na Copa do Mundo 2018 e campeão da Copa América  2019. Nas duas temporadas na Roma, Alisson foi comparado a Dino Zoff, que fez 112 jogos pela seleção italiana e foi o capitão campeão do mundo de 82, repetindo Giampiero Combi, goleiro do primeiro título mundial da Itália em 1934.

BOM DIZER – Alisson foi o terceiro jogador brasileiro de defesa a fazer gol no fim de semana, após a convocação de sexta (14) da seleção, para os jogos de junho das eliminatórias para a Copa do Mundo. Antes dele, o zagueiro Lucas Veríssimo, do Benfica, na vitória (4 x 3) sobre o Sporting, sábado (15) e o lateral Renan Lodi, do Atlético de Madrid, na virada de 2 x 1 de ontem (16) sobre o Osasuna. Faltando duas rodadas, o Liverpool disputa com o Chelsea a última vaga inglesa para a Liga dos Campeões 2022.