“Um clássico para esquecer” – foi assim que MARCA, principal jornal esportivo da Espanha, resumiu o 0 x 0 do clássico madrilenho que Atlético e Real Madrid disputaram neste último sábado (28) de setembro, diante de 68.032 torcedores, no estádio Wanda Metropolitano. Mas não deixou de exaltar as atuações dos goleiros Courtois e Oblak.

DE ACORDO com os analistas do jornal, Atlético de Madrid e Real Madrid não fizeram um espetáculo à altura do grande clássico da capital. As defesas do belga Courtois, goleiro do Real Madrid, e do esloveno Jan Oblak tiveram muito mérito, mas os atacantes foram também imprecisos em outras finalizações, principalmente Benzema e Diego Costa.

BEM FALTOSO – O clássico da sétima rodada registrou número acima da média de faltas: 14 cometidas por cada equipe, sendo a mais dura a do volante ganês Thomas Partey, que atingiu o tornozelo do colombiano James, e foi o último dos três cartões amarelos aplicados pelo árbitro José Luis Gonzalez, que também advertiu Varane e Nacho, do Real.

Sergio Ramos e Jan Oblak / AP Photo/Bernat Armangue

BRASILEIROS – O volante Casemiro foi o único até o final, com boa atuação. O lateral Renan Lodi, ex-Atlético Paranaense, esteve bem, mas foi substituído aos 16 do segundo tempo pelo francês Thomas Lemar. Três dias depois de estrear com um belo gol no Leganés, o atacante Rodrygo, ex-Santos, voltou ao time B, que ganhou (2 x 0) do Rayo Majadahonda. Vinícius Júnior e Marcelo ficaram o tempo todo na reserva.

REAL MADRID – Courtois, Carvajal, Varane, Sergio Ramos e Nacho; Casemiro, Valverde (Modric), Kroos e Bale; Hazard (James) e Benzema (Jovic). O Real lidera com 15 pontos, um ponto a mais que o Granada, que venceu (1 x 0) o lanterna Leganés, no estádio Los Carmenes, em Granada. O Atlético de Madrid, também com 14 pontos, é terceiro pelo saldo de gols.

BARCELONA 2 x 0 – Mesmo sem Messi, que não tem previsão de retorno, o Barcelona ganhou (2 x 0) do Getafe, no Coliseum Alfonso Perez, no município de Getafe, 14 km ao sul de Madrid. O gol do uruguaio Luis Suarez foi o destaque pelo lançamento de 50 metros, com a mão, do goleiro alemão Ter Stegen, após uma grande defesa. Suarez avançou e encobriu o goleiro madrilenho David Soria, 26 anos, 1,92m.

NA VOLTA do intervalo, o lateral-esquerdo Júnior Firpo, 23 anos, da República Dominicana, marcou o segundo gol, aproveitando a rebatida do goleiro em chute de Carles Perez. O zagueiro francês Lenglet, do Barcelona, foi expulso aos 37 do segundo tempo por entrada maldosa no atacante espanhol Jorge Molina.

CAI O INVICTO – Depois de dezessete jogos sem perder em casa, desde o campeonato passado, o Atlético de Bilbao foi derrotado neste sábado (28) pelo Valencia, no estádio San Mamés. O gol foi do atacante Denis Cheryshev, 28 anos, um dos destaques da seleção da Rússia na Copa do Mundo de 2018, aos 27 do primeiro tempo.

Foto: Marca