Escolha uma Página

Desde que ganhou do Fluminense (1 x 0), na estreia, em 9 de agosto, o Grêmio não voltou a vencer no Campeonato Brasileiro, acumulando uma derrota e cinco empates, com o de ontem (6), no Estádio Olímpico de Goiânia, com o Atlético Goianiense (1 x 1), penúltimo, e também há seis jogos sem vencer, desde que ganhou (3 x 0) do Flamengo na segunda rodada. O Grêmio, apesar do acúmulo de jogos sem vitória, saiu do rebaixamento, subiu três posições e terminou em décimo quarto.

OS GOLS DO 1 x 1 foram marcados no primeiro tempo. O meia Edson completou de cabeça o escanteio do lateral Dudu e fez o do Atlético Goianiense aos 11 minutos. O Grêmio reagiu, mas só conseguiu o empate aos 41, com o atacante Isaque aproveitando bem a assistência de Alisson, que parecia impedido, mas o VAR desfez a dúvida. No segundo tempo, os times produziram pouco e quase não finalizaram. 

EXPULSÃO –O Grêmio escalará zagueiros reservas no próximo jogo, quinta (10), com o Bahia, em Salvador, porque o argentino Walter Kannemann está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, que recebeu após falta em Marlon, e o paulistano Pedro Geromel foi expulso aos 49 do segundo tempo, após o segundo cartão amarelo por falta em Hyuri. Kannemann e Geromel voltarão a formar a zaga no próximo domingo (13), no jogo com o Fortaleza, na Arena Grêmio.

ATLÉTICO GOIANIENSE – Jean, Dudu, Eder, João Victor e Nicolas; Marlon, Edson e Ferrareis (Mateuzinho); Janderson (Everton Felipe), Kayzer (Hyuri) e Chico (Henry). Antepenúltimo com seis pontos em sete jogos – 1 vitória, 3 derrotas, 3 empates, saldo negativo de quatro gols (6 a 10) -, o time do técnico Vagner Mancini será visitante nos próximos jogos, quinta (10), em São Januário, com o Vasco, e domingo (13), em Salvador, com o Bahia.

GRÊMIO – Vanderlei, Orejuela, Geromel, Kannemann (David Braz) e Bruno Cortez; Lucas Silva (Darlan), Mateus Henrique, Alisson (Luis Fernando) e Everton Cardoso; Diego Souza (Robinho) e Isaque (Fabrício). O técnico Renato Portaluppi diz que embora a fase não seja boa, confia na recuperação do time, décimo quarto com 8 pontos em 7 jogos – 1 vitória, 1 derrota, 5 empates (igual ao Botafogo), e sem saldo de gols (5 a 5).

OS CARTÕES – O árbitro Ricardo Marques Ribeiro, de 41 anos, da Federação Mineira, só aplicou um cartão em jogador do Atlético, o meia Ferrareis. Os advertidos do Grêmio foram Diego Souza, Kannemann e Geromel, que depois do segundo amarelo, recebeu o cartão vermelho. Nas redes sociais, o árbitro foi alvo de muita crítica, principalmente por conversar demais com os jogadores. Os internautas prometem estender o protesto a Leonardo Gaciba, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF.

Foto: Fox Sports