O Grêmio não teve muita dificuldade para ganhar (2 x 0) do Internacional no primeiro Grenal do técnico carioca Zé Ricardo, na noite deste domingo (3), na Arena Grêmio. O zagueiro Geromel marcou de cabeça aos 34, após falta batida por Alisson, e o meia Romulo fez o segundo gol, com belo chute de canhota, no ângulo, aos 33 do segundo tempo.

EM ALTA – Foi a terceira vitória consecutiva do bicampeão gaúcho, que soma 50 pontos – 14 vitórias, 8 empates, 8 derrotas, 52 gols marcados e 31 sofridos – e terminou a rodada em quinto, fazendo o arquirrival Inter, com 46 pontos – 13 vitórias, 7 empates, 10 derrotas, 35 gols pró e 29 contra -, cair para o sétimo lugar.

EXPULSÃO – O goleiro Marcelo Lomba, carioca de 32 anos, ex-Flamengo, Bahia e Ponte Preta, foi expulso em seu jogo 112 pelo Internacional, que defende desde 2016, após falta grosseira em Luciano, aos cinco do segundo tempo. Levou o vermelho direto, em decisão acertada de Flavio Rodrigues de Souza, árbitro da Federação Paulista.

GRÊMIO – Paulo Victor, Rafael Galhardo (Leo Moura, 25 do segundo tempo), Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Romulo, 15 do segundo tempo), Mateus Henrique e Diego Tardelli; Alisson, Luciano (Pepê, 32 do segundo tempo) e Everton. Técnico – Renato Portaluppi. O próximo jogo é quinta (7) com o CSA, na Arena Grêmio.

INTERNACIONAL – Marcelo Lomba, Bruno Fucks (Patrick, 32 do segundo tempo), Moledo, Cuesta e Uendel; Lindoso, Edenilson e Neilton (D’Alessandro, intervalo); Guilherme Parede (Danilo Fernandes, goleiro, aos 7 do segundo tempo), Guerrero e Wellington Silva. Técnico – Zé Ricardo. O próximo jogo é com o Ceará, quinta (7), na Arena Castelão, em Fortaleza.

CINCO CARTÕES – Além do cartão vermelho direto ao goleiro Marcelo Lomba, o árbitro aplicou mais quatro amarelos: Cortez e Maicon, do Grêmio, e Patrick e Edenilson, único suspenso do próximo jogo. R$1.778.7729,00. 40.618 pagantes na belíssima Arena Grêmio, onde houve até o primeiro pedido de casamento gay, registrado no telão, no intervalo, com direito a beijo na boca de Juliana e Nicoli.

Foto: Correio do Povo